Um ótimo retorno para Victor Moura.

Iniciamos os trabalhos na quinta feira com os treinos livres e o piloto teve o seu primeiro contato com seu novo equipamento e com a Equipe M2B Racing, onde adaptou-se rapidamente.

 

“ Hoje foi um dia de conhecimento e ajustes na minha nova motocicleta, na minha nova equipe. Pela manhã ajustamos algumas coisas para meu estilo de pilotagem e fomos para pista, foi um dia bem divertido e conseguimos evoluir gradativamente.”

 

A parir da sexta feira iniciaram-se os treinos oficiais do evento para a 4° Etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, e toda a equipe se empenhou para dar uma moto competitiva para Victor Moura, o qual respondeu com uma evolução surpreendente a cada treino. Apesar de ainda sentir algumas dores na mão direita devido ao acidente que o afastou por um ano e meio das pistas, o nosso piloto deu o seu máximo para entender a nova montaria e fazer uma evolução segura.

Já no sábado nos treinos classificatórios Victor bateu seu recorde pessoal que era de 1,06.989 e virou uma volta com o tempo de 1,05.229, melhorando assim 1.7 do seu tempo.

O domingo amanheceu com uma chuva muito forte e no Warm up pudemos fazer alguns ajustes para corrida, mas uma corrida com chuva é sempre uma surpresa.

 

Na corrida Victor largou muito bem e foi evoluindo pouco a pouco e baixando seu tempo a cada volta, estava em uma excelente nona posição e com possibilidades de chegar em oitavo, mas infelizmente na reta oposta havia um piloto muito lento na pista e que diminuiu a velocidade na saída de curva, nosso piloto não conseguiu desviar e acabou colidindo, e infelizmente não terminou a prova.

 

“Tive um ótimo fim de semana, evolui a cada treino, a equipe me proporcionou um ótimo equipamento e com tudo que fizemos eu conseguia baixar meus tempos, no domingo da corrida a chuva estava muito forte, fiz uma largada cautelosa e fui buscando posições. Estava seguindo o oitavo colocado por algumas voltas e analisando seu traçado e deixei para a última volta tentar passa-lo e buscar uma posição melhor. Na saída da reta oposta sai bem no vácuo para tentar ultrapassar no final da reta e quando saímos juntos na curva o spray de água era muito forte,  o piloto que vinha na minha frente viu um retardatário muito lento e desviou e como eu vinha no vácuo não consegui desviar e acabei batendo na traseira do mesmo. Fiquei muito chateado com isso e acho que foi um erro muito grande do piloto que tirou a mão na reta e poderia causar algo bem mais grave, mas corridas são corridas. Gostaria de agradecer a minha equipe pelo excelente trabalho feito neste fim de semana, muito obrigado a todos.

 

A próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade acontece dia 21 de setembro em Goiânia.

A M2B Racing tem o apoio de Ronin ToolsAnker Acessórios e MF Uniformes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *