Ulysses Bertholdo e o Lancer Evolution X são campeões Brasileiros de Rali de Velocidade

208298_362343_img_6444

Dupla da Mitsubishi garante o título do campeonato no último fim de semana

Um fim de semana recheado de títulos para a dupla da Mitsubishi Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut no Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade. No sábado, a comemoração pela conquista da categoria 4×4 e, no domingo, o título da geral da competição.

“Participar de ralis há tanto tempo e ainda ser competitivo é muito especial. A conquista desse título teve um sabor diferente para nós”, comemora Ulysses, que agora acumula 15 títulos brasileiros na modalidade.

Durante todo o campeonato, o piloto esteve a bordo do Lancer Evolution X. “O carro é fantástico e extremamente confiável. Não tivemos nenhum problema no ano, o que nos ajudou muito para alcançar o título”, afirma.

Com seis vitórias no ano, a dupla entrou para a disputa da última etapa, em Atibaia (SP), com o título praticamente garantido. “O trajeto da última etapa era muito rápido, e tinha vários trechos com piso escorregadio. Estávamos focados somente no campeonato, foi até difícil não acelerar tanto, mas foi necessário para cumprirmos o objetivo”, disse.

Mas o ano ainda não terminou para Ulysses, que ainda vai disputar a final do Campeonato Gaúcho, no início de dezembro. “Estamos bem no campeonato e vamos brigar por mais esse título”, afirma.

Ulysses e a Mitsubishi
A história de Ulysses com a Mitsubishi teve início em 1996, quando foi lançada a Copa Colt junto ao Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade. Em seu primeiro ano com a marca, o piloto já saiu vitorioso, o que estreitou ainda mais a parceria e culminou na vitória, em 1998, no Rally dos Sertões com a primeira L200 cabine dupla para competições.

“Depois dessas vitórias, comecei a correr com o Lancer Evo. Fui campeão em todos os anos que competi com esse carro, inclusive o inédito título de Campeão Sul-americano de Rali de Velocidade para carros de produção (grupo N4), em 1998. Sou o único brasileiro até hoje a conquistar esse título”, lembra Ulysses.

O último ano do piloto com a Mitsubishi foi em 2005, quando Bertholdo foi campeão do Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade e também do Rally dos Sertões com uma L200 (categoria Production). “Apesar de não fazer parte da equipe oficial, nunca deixei de trabalhar com o Lancer, já que prestava serviço para outros clientes nos Campeonatos Gaúcho, Brasileiro e Sul-americano”, explica. “Pessoalmente, é como se nunca tivesse deixado de defender a marca que tanto gosto e que fabrica um dos melhores carros de ralis feitos até hoje”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *