Indycar 2019 – Os treinos de pré-temporada realizados em Laguna Seca.

O clássico circuito de Laguna Seca, em Monterey, na Califórnia, vai voltar a receber uma etapa da Indy. Depois de 12 anos sem ter os carros da principal categoria americana de monopostos, a pista abriga neste fim de semana uma bateria de testes. Max Chilton foi o mais rápido com a Carlin na abertura dos trabalhos, que contou com 21 carros na pista.

Depois de mais de uma década, a Indy está de volta a Laguna Seca. Palco de momentos históricos da categoria, como a lendária ultrapassagem de Alex Zanardi sobre Bryan Herta no Saca-Rolha nos anos 1990, a pista localizada em Monterey, na Califórnia, abrigou a primeira sessão de testes coletivos da Indy em 2019.

Max Chilton foi o mais rápido na última sexta-feira (8), com as atividades sendo encerradas antes do previsto por conta da chuva. 21 pilotos completaram tempos em Laguna Seca, com destaque para os Dallara-Chevrolet da Carlin.  Além de Chilton na frente, o time britânico colocou RC Enerson em sexto. Outro bom nome foi o estreante Felix Rosenqvist, que estreia neste ano pela Ganassi. O sueco foi o segundo mais rápido. Foi a primeira vez que a principal categoria de monopostos dos Estados Unidos acelerou em Laguna Seca em mais de uma década.

A antiga Champ Car, fruto da cisão entre IRL e Cart no meio dos anos 1990, realizou uma sessão de testes em 2007. Antes, a última corrida aconteceu em 12 de setembro, com vitória de Patrick Carpentier. Mas desde então, jamais um carro da Indy acelerou de forma oficial no traçado californiano.

Nem todas as equipes do grid da Indy fizeram parte da sessão em Laguna Seca. A Foyt, equipe dos brasileiros Tony Kanaan e Matheus Leist, foi uma das ausentes, assim como a Harding e a novata DragonSpeed. A expectativa é que os times entrem em ação com os testes que vão ser realizados na próxima semana, a partir do dia 12 de fevereiro.

Chilton cravou 1min11s29 na sua melhor passagem, pouco mais rápido que Rosenqvist, com o Dallara-Honda da Ganassi. O sueco, que vai guiar o carro #10 da multicampeã equipe liderada por Chip Ganassi, anotou 1min11s33. Ryan Hunter-Reay, com a Andretti, que também é empurrada pelo motor Honda, ficou em terceiro, seguido por Jack Harvey, da Meyer-Shank. A Andretti de Alexander Rossi completou o top-5 da sessão, seguido por RC Enerson, da Carlin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *