Fórmula 1 – Charlie Whiting faleceu esta madrugada.

Charlie Whiting, há longos anos Diretor de Corrida da Fórmula 1, faleceu esta madrugada aos 66 anos. Uma embolia pulmonar, já em Melbourne tirou a vida ao homem que geria os Grandes Prêmios em pista. Charlie Whiting estava ligado à Fórmula 1 desde 1977, quando trabalhou para a Hesketh Racing, tendo-se tornado mecânico-chefe da Brabham algum tempo depois, equipe em que permaneceu até 1988, altura em que passou para delegado técnico da FIA.

Anos depois, em 1997, evoluiu para delegado de segurança. Muitas das melhorias de segurança no automobilismo tiveram o seu cunho, por exemplo o recente Halo, outro exemplo, o apoio de cabeça, a melhoria significativa da célula de sobrevivência, estruturas de impacto frontal e lateral e lados elevados do cockpit, um legado que ele deixa. Na madrugada de 14 de Março, apenas um dia antes da primeira sessão de treinos para o Grande Prêmio da Austrália e do início da temporada de Fórmula 1 de 2019, Whiting nos deixou aos 66 anos.

A categoria esta de luto por esta perda em seu corpo diretivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *