FIA WEC – Kyalami pode receber uma etapa do Mundial de Endurance.

Os responsáveis do WEC estiveram presentes em Kyalami na prova do IGTC e mostraram interesse em levar o mundial de endurance para a pista sul-africana.

Gerard Neveu admitiu que o WEC irá investigar seriamente a possibilidade de ter uma prova em Kyalami:
“Durante todo o ano, procuramos novos lugares onde haja interesse pela categoria”, disse Neveu ao Sportscar365.

“Kyalami é um circuito que devemos considerar seriamente, porque este é um lugar que tem história. Foi uma boa oportunidade para visitar meu amigo Stephane Ratel. Tivemos tempo para um bom jantar e aproveitar o evento, que é sempre muito bom. ”

“Eles atualizaram o circuito muito bem, mas mantiveram o espírito da pista”, disse ele. “É Kyalami 2.0, a nova versão, e é muito bom. Tenho falado com as equipes e pilotos, porque há muitos pilotos do WEC no paddock [do IGTC]. Todos eles pareceram muito entusiasmados. Eu também ouvi a opinião dos jornalistas e parece que também estão contentes. Sinto que a população local está muito envolvida e comprometida com esta história. Essa é uma possibilidade que temos que investigar seriamente.”

 

Apesar do grande interesse, a pista não é opção para substituir a rodada de São Paulo, caso não fiquem reunidas as condições para ao WEC ir até ao Brasil.

“Temos de ser realistas”, disse Neveu. “Para preparar um evento numa pista que nunca visitamos antes, leva um certo tempo. O tamanho do WEC é maior que o IGTC, e o desafio é maior. Em dois meses e meio, com o período de Natal pelo meio, não é uma ideia séria. Ao mesmo tempo, temos de fazer um acordo. Discutir agora e encontrar um acordo em que todos saem ganhando, especialmente neste tipo de país. No próximo ano, em três meses, não parece muito razoável. Mas um dia trazer WEC faz sentido. ”

 

É pessoal, como pudemos ver acima, ocorrerá a prova no Brasil em 2020, mas será analisada todas as condições que serão apresentadas na prova paulista, pois da última vez que tivemos o mundial de endurance no Brasil tivemos sérios problemas com a categoria. Espero que isso não ocorra novamente e o pessoal que esta á frente da prova paulista esta muito empenhada para que seja um sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *