Porsche mostrou como equipes de F1 devem testar, diz Webber.

O australiano Mark Webber afirmou que as equipes de Fórmula 1 receberam uma lição de como testar com a alta quilometragem acumulada pela Porsche no desenvolvimento de seus carros do Mundial de Endurance (WEC).

A Mercedes registrou o máximo de voltas possíveis durante recentes ensaios em Barcelona, na medida em que começou a revezar seus pilotos para evitar a fadiga, acumulando mais de 6 mil quilômetros ao longo de oito dias.

Webber acredita que a equipe baseada em Brackley tem que agradecer a Porsche – que registrou 4.000 km em sua recente teste de cinco dias em Abu Dhabi – por demonstrar que é possível alcançar a quilometragem em um espaço de tempo limitado.

“Operacionalmente, nós vimos o que aconteceu com a Mercedes (em Barcelona), isso foi uma demonstração”.”Eles viram o que é possível estando do nosso lado para dizer “esta é a disponibilidade da pista e é assim que você executa a quilometragem”.

 

“A primeira coisa que vai se desgastar quando você operando tão fortemente é o piloto. Então você tem que revezá-los, e isso foi o que aconteceu”.”Foi uma grande lição, e todo mundo viu onde o nível chegou, porque a Mercedes atingiu aquele nível.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *