Peugeot divulga queda na produção na unidade da região

A PSA Peugeot Citroën divulgou que as vendas da empresa na América Latina tiveram uma queda de 9,2%. A comercialização do grupo regrediu em 26,8% para 107.000 unidades na fábrica de Porto Real. A participação do Grupo no mercado é de 4,6%. O anúncio foi ontem através de um comunicado à imprensa.

“Essa situação reflete a queda dos mercados automotivos, principalmente na Argentina, onde o Grupo está entre os líderes com um aumento de participação de mercado de 15,2% para 15,5%, assim como os efeitos negativos das flutuações das moedas locais”, diz a nota da montadora francesa, que continuou: “No Brasil, as vendas do Grupo recuaram 22,1% em um mercado em declínio e altamente competitivo”.

A queda nas vendas no mercado brasileiro e da América Latina já refletiu na unidade de Porto Real. A montadora francesa abriu no mês passado o Programa de Demissão Voluntária (PDV) para funcionários de sua fábrica do Sul Fluminense.

O programa foi aberto após a empresa encerrar o terceiro turno da fábrica em fevereiro, deixando em suspenso os contratos de trabalho de 650 funcionários. “Esta medida (PDV) decorre da decisão da empresa de manter a produção da unidade em dois turnos, tendo como objetivo adequá-la às vendas internas e às exportações destinadas especialmente para a Argentina, ambas em forte queda nos últimos meses”, afirmou a montadora em comunicado à imprensa.

A fábrica da companhia em Porto Real produz os modelos 208, 207 sedan e hatch e a picape pequena Hoggar, da marca Peugeot. Na linha Citroen são produzidos os compactos C3, C3 Picasso e Aircross.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *