Mobilidade para megacidades: o Audi AI:ME.

  • Visão de um veículo urbano autônomo do futuro
  • Máximo conforto espacial para pequenas áreas de tráfego
  • Refúgio de alta tecnologia durante congestionamentos

No Auto Shanghai 2019, a Audi está introduzindo um conceito visionário de mobilidade para as megacidades do futuro: o carro conceito, conhecido como Audi AI:ME, oferece dimensões compactas, interior espaçoso e futurístico, além da capacidade de condução autônoma ao nível 4. Isto permite que os ocupantes façam o que gostam de fazer durante o período dentro do veículo. O Audi AI:ME oferece uma ampla gama de características de alta tecnologia para comunicação, entretenimento ou simplesmente relaxar.

A linha da carroceria do Audi AI:ME demonstra como a emoção e economia de espaço podem formar uma síntese perfeita em um veículo compacto tracionado eletricamente. Existe um motivo para que o nome Audi AI:ME enfatize a relação com o Audi AIcon, o projeto de funcionamento automatizado de longas distâncias introduzido em 2017. A afinidade da linha da carroceria e o conceito desses dois veículos ficarão evidentes em Xangai, pois o AIcon estará lado a lado no lançamento mundial no palco do estande da Audi na exposição.

Arquitetura compacta, tração elétrica: o conceito

Com comprimento externo de 4,30 metros e largura de 1,90 metro, o Audi AI:ME refere-se a muito espaço de tráfego e também um veículo compacto para os dias de hoje. Entretanto, o chassi de 2,77 metros e a altura de 1,52 metro indica dimensões internas que mais parecem ser encontradas, no mínimo, na próxima categoria superior. Isto é possível devido à arquitetura da tração elétrica. Ela permite menores distâncias entre eixos e maior volume interno, sem o túnel do diferencial. A unidade de tração fica posicionada no eixo traseiro e mobiliza 125 kW.

Para os ocupantes, o pacote compacto da tração oferece uma quantidade máxima de espaço objetivamente disponível, conforto espacial e muita variabilidade. Sua configuração repousa sobre uma variedade de configurações para posições do banco e espaço para armazenagem. Enquanto os bancos individuais na dianteira serão usados durante a maioria dos trajetos, o veículo oferece espaço para até quatro pessoas na frente e no banco traseiro, se necessário.

Audi AI: em nosso caminho para a mobilidade autônoma

Audi AI:ME e Audi AIcon: dois veículos conceito cujos nomes verdadeiros se referem à nova abreviatura de duas letras sob as quais a Audi está agrupando diversas tecnologias inovadoras de mobilidade. Audi AI é a cifra para uma variedade de sistemas eletrônicos que aliviam o estresse dos motoristas e simultaneamente oferecem novas possibilidades para usar o tempo gasto dentro do veículo. Para isso, a Audi usa também estratégias e tecnologias do campo da inteligência artificial e aprendizado da máquina. Audi AI combina também inteligência do veículo, que possibilita primeiramente a condução automatizada e a inteligência de interação, que transforma o veículo em parceiro dos ocupantes. Assim, o nome do Audi AI:ME estabelece a conexão entre AI e os próprios usuários. Os sistemas de Audi AI são capazes de aprender e pensar, enquanto também são proativos e pessoais. Graças à Audi AI, os modelos das quatro argolas serão tanto inteligentes como empáticos no futuro. Eles poderão interagir continuamente com as redondezas e passageiros, adaptando-se assim da melhor forma do que nunca antes às exigências dos ocupantes.

Condução autônoma nível 4: relaxamento enquanto desliza pela cidade

O que já foi estabelecido há muito tempo no transporte ferroviário e também na aviação está no limite de uma ruptura no transporte automotivo: a condução autônoma. O Audi AI:ME é projetado para uso na cidade e para condução no modo conhecido como nível 4. Este é o segundo nível mais alto na escala internacional padronizada para automatização. Embora os sistemas com nível 4 não necessitem qualquer assistência por parte do motorista, sua função é limitada a uma área específica – tal como autoestradas ou áreas especialmente equipadas dentro das cidades. Nestes locais, o motorista pode transferir completamente para o sistema a tarefa de dirigir. O motorista precisa retomar a tarefa somente quando o veículo deixar a área definida para condução totalmente automatizada. Em contraste com o Audi AIcon, um veículo com função nível 5 que é sempre totalmente autônomo, o Audi AI:ME é equipado com o volante de direção tradicional e também com os elementos de controle da pedaleira.

Isto significa que o veículo, além dos demais usuários da via, dirigirá automaticamente em área de tráfego definida equipada com a infraestrutura correspondente no futuro. Fluxos de tráfego autorreguladores e autocontrolados permitem que o veículo deslize em frente calmamente, evitando aceleração longitudinal ou lateral. Isto é uma exigência importante para os ocupantes do veículo poderem se desligar mentalmente do tráfego ao redor deles.

Refúgio luxuoso e centro de controle de alta tecnologia: o interior

Audi AI muda fundamentalmente como os automóveis são usados e melhora significativamente o tempo gasto a bordo. O veículo fica de forma crescente um “terceiro espaço de vida” junto com nossas casas e locais de trabalho. Por esta razão, os projetistas da Audi não subordinam o interior do Audi AI:ME apenas ao formato da carroceria. Ao contrário, eles priorizaram o interior tornando-o o núcleo de todo o veículo. Aqui o foco foi menos na conexão tradicional entre o motorista e o veículo–volante de direção, instrumentos, pedais — e mais no tempo gasto no veículo automatizado. Isto porque esses elementos de controle são retraídos com uma coreografia elegante e sofisticada e então ficam quase totalmente ocultos por um compartimento de armazenagem, com uma superfície feita de madeira de castanheira de poros abertos.

De maneira geral, o espaço para armazenagem torna-se mais importante do que antes em veículos autônomos. O Audi AI:ME apresenta grandes áreas tanto na cobertura da cabine como entre os bancos dianteiros, ocultando assim mais um detalhe inovador: ímãs servem como porta-copos e suportam no local copos metálicos ou pratos conforme necessário. Os ocupantes podem desfrutar de uma refeição relaxada durante a condução no Audi AI:ME.

Não importa o que eles estejam fazendo, os passageiros podem sempre encontrar uma posição confortável no banco. Os bancos dianteiros são inspirados nas clássicas poltronas e apresentam um banco amplo e confortável revestimento com material têxtil em tons de cinza. Os encostos são projetados como conchas curvas que são fixadas ao assento do banco com um suporte vertical. Quando a pedaleira não é necessária, o motorista pode descansar os pés nos suportes existentes debaixo do painel. No banco traseiro, que atinge quase toda a seção lateral do veículo, os ocupantes podem variar a posição para sentar de qualquer forma desejada.

O ângulo horizontal na janela profunda no interior é um elemento significativo da seção lateral – uma característica herdada do Audi AIcon. Isso oferece uma óbvia vantagem ergonômica aos ocupantes. Ela estende o alcance de movimento ao descansa-braço da porta e também aumenta visualmente o tamanho do interior em grau significativo.

O veículo e também os sistemas de comunicação e interação funcionam através de movimento dos olhos, comando de voz e campos sensíveis ao toque no trilho da porta. Eles ficam posicionados perfeitamente em termos de ergonomia e normalmente estão integrados à superfície, ficando assim invisíveis. A iluminação é ativada somente por aproximação e guia o olhar do usuário para as superfícies funcionais.

Existe um monitor multifuncional e tridimensional OLED que funciona debaixo e em todo o comprimento do para-brisa, sendo usado primariamente em diálogo com o controle do movimento dos olhos. Menus de funções codificados em forma da terminologia, por exemplo para navegação ou infotainment, podem ser ativados com os olhos e então abrem outros níveis que se movem para o modo de visualização aguda no monitor 3D.

Existem óculos VR (realidade virtual) a bordo para a saída visual do sistema de infotainment. Eles transformam o uso da internet, assistir filmes ou mesmo jogos interativos em uma experiência fascinante para os passageiros. A Audi demonstrou as possibilidades que nos aguardam no futuro com o sistema Holoride na CES 2019 em Las Vegas. Aqui o movimento do próprio veículo é detectado por um sistema de sensores e então integrado interativamente no curso visual de um jogo. Os passageiros se sentem como se estiverem literalmente no meio da ação.

Os ocupantes experimentam o interior do Audi AI:ME não simplesmente como um meio de transporte, mas também como uma atmosfera luxuosa com numerosas funções de alta tecnologia. Ele também atua literalmente como um filtro que observa de forma onipresente todo tráfego ao redor. O sistema de áudio de alta qualidade é acoplado com uma compensação de ruído que pode suprimir completamente o nível de ruído externo através do controle ativo do ruído. Isto permite que os ocupantes desfrutem de um silêncio para meditação ou ouçam música com qualidade de uma sala de concertos no Audi AI:ME.

Superfícies e estruturas familiares do ambiente residencial dominam, mesmo em termos dos materiais. Têxteis de alta qualidade, alguns feitos de produtos reciclados, madeira e os touchpads nos trilhos das portas feitos de Corian, material mineral composto, particularmente agradável ao toque, dão ao caráter predominantemente técnico do veículo um toque acolhedor e luxuoso. O interior obtém um ambiente especial a partir da mistura entre os elementos naturais e tecnológicos. Grandes superfícies envidraçadas nas janelas profundas e a área do teto tornam o interior leve e transparente. O controle eletrocrômico pode isolar a entrada de luz e calor, se necessário, blindando o interior com os vidros continuamente escurecidos. Estruturas com filigranas de madeira na área do teto criam uma pérgola sobre o interior.

O uso de plantas reais no interior do automóvel é pioneiro. Vegetação, que é raramente encontrada no ambiente urbano hostil, dá aos ocupantes uma sensação de proximidade com a natureza e ao mesmo tempo ajuda a melhorar objetivamente a qualidade do ar no veículo. Primeiramente, a sofisticada tecnologia de filtragem evita que os odores do tráfego e da cidade entrem no interior do Audi AI:ME.

Sistemas que determinam os níveis de estresse para parâmetros vitais também servem para dar as boas-vindas aos ocupantes. Algoritmos inteligentes permitem que o Audi AI:ME conheçam cada vez melhor o motorista e melhorem suas opções de forma específica.

Um rosto na multidão: o exterior

O Audi AI:ME é imediatamente reconhecível mesmo pelo retrovisor externo: seu rosto é caracterizado pela grade hexagonal com o formato invertido e superfície típica de um Audi elétrico. A arquitetura da carroceria é recém-chegada ao grupo de formatos da Audi. Entretanto, se for visto mais de perto, a relação com o conceito do Audi AIcon introduzido em 2017 fica aparente. Apesar das proporções totalmente diferentes, existem semelhanças claras em gráficos precisos dos contornos e no longo arco da linha do teto. Porém, a principal conexão entre os dois diferentes veículos autônomos é o ângulo significativo nas janelas laterais.

O exterior é fortemente diferente da predominância na concorrência. O Audi AI:ME é um projeto alternativo direcionado. Mais do que somente uma dica de um formato de cunha, as caixas das rodas acentuadas que são típicas da marca e os gráficos impactantes das janelas criam um formato geral altamente emocional. A área do tráfego está claramente subordinada à pequena exigência de espaço. Com seu comprimento exterior de 4,3 metros e largura de 1,90 metro, o veículo se enquadra no segmento compacto. Sua altura de 1,52 metro oferece grandes vantagens particularmente no interior, dando aos ocupantes uma sensação de amplo espaço, facilitando a entrada e oferecendo excelente espaço para a cabeça. As amplas portas laterais que se abrem no sentido oposto e são fixadas na frente e atrás também facilitam a entrada no veículo. Ainda assim o Audi AI:ME não parece uma van quadrada, mas exala dinamismo mesmo quando parado. Rodas largas de 23 polegadas enfatizam essa aparência.

Ver e ser visto — a iluminação

Com os veículos autônomos do futuro, os faróis terão trabalho parcial porque o motorista estará preocupado com outras coisas na maior parte do tempo e raramente precisarão de muita iluminação da via. Outra função da iluminação desempenha um papel mais importante aqui: comunicação com outros usuários da via. O Audi AIcon já demonstrou como as superfícies digitais luminosas matrix podem usar para movimentar gráficos para liberar sinais claramente compreensíveis relativos à condição de condução e, naturalmente, também para marcar o próprio veículo.

O Audi AI:ME leva essa abordagem um degrau além: como os usuários das vias ficam mais perto na cidade, as posições tradicionais das luzes dianteiras traseiras frequentemente não ficam visíveis. Por isso os projetistas de iluminação da Audi integraram os elementos de LED na carroceria em posição incomumente mais alta sobre os arcos das rodas, onde eles ficam visíveis de qualquer ângulo. Esta comunicação em 360 graus é uma função adicional importante de segurança para pedestres ou ciclistas.

Como no Alcon, as unidades de LED na frente e os micro projetores matrix podem usar símbolos facilmente identificáveis para sinalizar aos pedestres quando AI:ME for cruzar uma via, por exemplo. Os gráficos podem ser projetados sobre a via ou uma parede. Esta função também é usada para iluminar a área da porta, garantindo que os ocupantes possam entrar ou sair do veículo com segurança, além de marcar o veículo para outros usuários da via. Os projetores matrix também podem fornecer segurança adicional a outros usuários da via como iluminação mais fraca, iluminando as redondezas automaticamente.

O Audi AI:ME apresenta mais uma inovação: ele pode interpretar sinais de outros veículos e usar sua própria tecnologia em iluminação para amplificação se isto beneficiar as redondezas. Exemplo: o veículo trafegando à frente indica perigo com os sinalizadores de emergência. O AI:ME pode detectar este sinal e amplificá-lo com projeções e as unidades de LED na carroceria, para ficar claramente visível aos outros usuários da via.

Como veículo de nível 4, o Audi AI:ME é equipado com faróis de LED e lanternas traseiras e luzes de freio perfeitamente visíveis em todas as situações nas quais os motoristas assumem o controle do veículo. Futuramente, ao dirigir ativamente, poder ver é tão importante à noite como é durante o dia também.

Móvel por horas: a arquitetura da tração

A Audi adotou uma abordagem dirigida à personalização das especificações do AI:ME para a finalidade de uso de um veículo urbano. Isto significa que valores extremos de aceleração e altas velocidades em autoestradas são tão obsoletos como curvas em alta velocidade e autonomias adequadas para dirigir longas distâncias. Um automóvel como o AI:ME rodará predominantemente em velocidades entre 20 e 70 km/h, tendo frequentemente de permanecer em movimento por horas sem carga. Entretanto, longa autonomia em termos de quilômetros é menos relevante do que a capacidade de fazer bom uso do tempo de funcionamento.

Portanto, os engenheiros projetaram uma configuração básica comparativamente simples e também leve. Uma unidade de bateria com capacidade de armazenagem de 65 quilowatt/hora é suficiente para atender a essas exigências. Um motor síncrono permanentemente acionado, podendo mobilizar 125 kW se necessário, funciona na área do eixo traseiro do AI:ME. Uma fração disto geralmente é suficiente para acompanhar o fluxo do tráfego urbano. Graças à recuperação da energia do freio e seu peso comparativamente baixo, o Audi AI:ME apresenta consumo de energia extremamente baixo, mesmo no tráfego urbano.

Os eixos e outros componentes da suspensão são encontrados no portfólio de modelos compactos da Audi. A combinação testada de amortecedores adaptativos e pequenas massas não suspensas garante bom conforto ao dirigir na cidade. A carroceria é feita de composto multimaterial peso-leve, consistindo de aço de alta tecnologia, alumínio e componentes plásticos, particularmente nas fixações.

Audi sob medida: conceitos inovadores de oferta

Após o Audi AIcon, que estreou no Salão do Automóvel de Frankfurt em 2017, e o radical carro esporte Audi PB 18, que foi introduzido no verão de 2018, o Audi AI:ME agora é o terceiro veículo visionário da marca a apresentar uma oferta para uso em áreas claramente definidas. Enquanto o Audi AIcon oferece as qualidades de um jato comercial para dirigir em longas distâncias, o PB 18 é um veículo para uma viagem ocasional à pista de corrida. O Audi AI:ME é a companhia perfeita para uso em aglomerações. Um veículo da quarta visão completará o quarteto de conceitos no Salão do Automóvel de Frankfurt em setembro de 2019.

A principal prioridade dada às especificações destes protótipos de teste não é projetar um multitalento para o espectro versátil e de longo prazo para uso de uma clientela heterogênea. Esses são automóveis premium altamente especializados que podem ser pedidos conforme necessário e com extensas possibilidades para individualização, como parte da oferta sob demanda. Esta abordagem se baseia no perfil de exigência de muitos clientes, principalmente em áreas urbanas, que estão passando por uma transição. Automóveis devem estar disponíveis e prontos para usar em solicitações e idealmente devem ser personalizados, porém não precisam passar por propriedade pessoal permanente. Entretanto, clientes premium ainda exigem que possam pedir seus veículos com características individualizadas ao máximo – e naturalmente com a mesma alta qualidade que estão acostumados e esperam da Audi.

Assim, clientes que fazem um pedido não obtêm somente o veículo desejado, mas também têm uma configuração para atender as suas preferências pessoais. A cor, interior e opções técnicas podem ser pré-configurados online com o aplicativo ou via detalhes do motorista armazenados no sistema “myAudi”. Mesmo a temperatura interna preferida pelo motorista, o ajuste do banco perfeitamente ergonômico e sua biblioteca pessoal de músicas já estão ativados quando ele entra no veículo.

Esta oferta está acessível e fácil de usar via um aplicativo que conecta o pedido do veículo, preferências pessoais do usuário e numerosas opções que podem ser usadas durante a condução. Usuários aproveitam este aplicativo para pedir o Audi AI:ME e podem fazer um pré-pedido com dois ou mais bancos, até mesmo uma cadeira para criança, se necessário. Eles recebem o AI:ME no prazo e local estabelecidos, podendo simplesmente estacionar em qualquer lugar após usá-lo. Em locais com o equipamento adequado, o veículo pode até rodar entre o depósito e o endereço do cliente sem motorista.

O aplicativo, que é acionado via smartphone e no próprio veículo, serve também como assistente e intermediário para muitos outros serviços. Por exemplo, ele pode ser usado para comunicação espontânea com amigos via internet ou mídias sociais. Usuários podem fazer selfies a bordo e compartilhar nas redes sociais. Eles podem acessar toda a internet para entretenimento, pesquisa e serviço. Podem pedir comida no caminho e fazer uma parada rápida e automatizada em um restaurante que precisa fazer a entrega no veículo, desfrutando então da refeição no veículo em seu caminho para casa.

A conexão entre a rede doméstica do usuário e o Audi AI:ME permite até que os usuários continuem assistindo a um filme usando os óculos VR no veículo, continuando do ponto em que pararam o filme em casa. Em seu caminho de volta do trabalho, eles podem fechar os olhos e desfrutar do silêncio a bordo e relaxar.

O Audi AI:ME torna-se um ponto fixo em seu biotipo pessoal digital do usuário. A tradicional jornada diária de A até B torna-se uma viagem agradável com tempo livre.  Após chegar ao seu destino, o usuário pode deixar o veículo relaxado e bem disposto, sem nem procurar um local para estacionar ou uma estação de carga. O Audi AI:ME encontrará sozinho seu caminho de volta para o depósito.

“Audi sob demanda” está disponível em metrópoles de vários continentes e já e o perfeito exemplo da futura expansão da oferta da Audi como fornecedor global de serviço de mobilidade. Com a expansão e especialização simultâneas da frota de veículos, no futuro este programa ficará ainda mais atraente aos clientes com altas demandas. A própria oferta de veículos premium e a integração digital do ambiente automotivo e vida darão à marca Audi uma partida importante neste segmento também: Vorsprung durch Technik.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *