Massa e Piquet disputam edição 2015 da Corrida dos Campeões em Londres e formam equipe do Brasil.

Felipe Massa e Nelsinho Piquet serão os representantes do Brasil na edição deste ano da Corrida dos Campeões. O tradicional evento do esporte a motor acontece entre os dias 20 e 21 de novembro, no Estádio Olímpico de Londres, na Inglaterra.

Felipe Massa, piloto da Williams na F1, e Nelsinho Piquet, atual campeão da F-E, vão ser os representantes do Brasil na Corrida dos Campeões. O tradicional evento, que reúne alguns dos principais pilotos do esporte a motor pelo mundo, será realizado entre os dias 20 e 21 de novembro, no Estádio Olímpico de Londres, uma semana antes da etapa que encerra a temporada 2015 do Mundial, com o GP de Abu Dhabi.

Massa já fez parte do evento em 2004 e 2005 e vai enfrentar neste ano os colegas de grid: Sebastian Vettel, Daniel Ricciardo e Nico Hülkenberg. “Estou realmente muito feliz em voltar a disputar a Corrida dos Campeões pela primeira vez em dez anos”, disse o brasileiro.

“De fato, eu realmente gostei muito de participar em Paris e estou ansioso para encontrar com muitos dos melhores pilotos do mundo de diferentes campeonatos”, completou. “Por muitos anos, a data da Corrida dos Campeões entrou em conflito com o meu próprio evento de kart no Brasil, mas esse ano a oportunidade é perfeita”, acrescentou Felipe.

Já Nelsinho vem de título na F-E, conquistado também em Londres, no mês de junho. “Tem sido um ano brilhante para mim e não há nada melhor do que celebrá-lo com a participação na Corrida dos Campeões”, afirmou Piquet.

“Tenho lembranças incríveis de Londres, porque foi lá o palco da decisão da F-E. Naquele dia, eu tive de lutar e acabei conquistando o título por apenas um ponto, então espero que seja um bom presságio para a Corrida dos Campeões também”, continuou.

Até o momento, além dos pilotos da F1, estão confirmados no evento: Tom Kristensen, nove vezes vencedor das 24 Horas de Le Mans, Petter Solberg, campeão do Ralicross, o ex-piloto de F1, David Coulthard, e os campeões da MotoGP, Jorge Lorenzo e Mick Doohan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *