Fórmula 1 – Sétima vitória consecutiva de Rosberg, agora foi na Rússia.

Nico Rosberg assegurou na Rússia a sua sétima vitória consecutiva, a quarta do ano, depois de uma corrida em que, uma vez mais partiu na frente, ‘viu’ os seus adversários terem problemas atrás de si – mais uma vez nas primeiras curvas – e foi-se distanciando vencendo com todo o merecimento. Lewis Hamilton foi segundo depois de uma corrida em que partiu de décimo, fruto do problema que teve na qualificação e que o impediu de realizar qualquer volta na Q3 (MGU-H). Partiu em 10º, rapidamente recuperou posições, chegando mais ou menos com facilidade ao segundo lugar.

Foi recuperando segundos a Rosberg, chegou a estar apenas a oito segundos, mas a 15 voltas do final, um problema com a pressão da água do motor do Mercedes W07 de Hamilton, levou-o que tirasse o pé e garantisse o segundo lugar. Mais uma vez, um problema mecânico, detém Hamilton. É muito azar concentrado num só piloto, isto depois de na pré-temporada os dois Mercedes não terem tido um único problema mecânico. Pelos vistos estavam todos guardados para as corridas em geral e para Hamilton em particular. Como é lógico, logo surgiram teorias da conspiração, mas a Mercedes já veio a público, como seria natural, negar com veemência a possibilidade de ter intervenção propositada nos problemas de Hamilton. Realmente, que sentido faria?

Com este triunfo, Nico Rosberg iguala Schumacher e Ascari com sete vitórias consecutivas, fruto dos três triunfos nas últimas corridas de 2015. O piloto alemão vence pela quarta vez este ano passando para 43 pontos de vantagem a Hamilton.no campeonato. Kimi Raikkonen completa o pódio, terminando na frente de Bottas. Os dois McLaren terminam nos pontos e a Renault pontua pela primeira vez este ano.

Sebastian Vettel ficou pelo caminho logo nas primeiras curvas, depois de ter sido abalroado por Daniil Kvyat, e logo duas vezes, nas curvas 2 e 3, com o segundo impacto mandou o tetra campeão do Mundo contra as barreiras de pneus. É o seu segundo abandono em quatro corridas. Valtteri Bottas terminou em quarto, depois de ter chegado a andar em segundo e terceiro, com o segundo Williams, o de Felipe Massa, logo atrás. Bom sexto lugar de Fernando Alonso, o que aliado ao décimo lugar de Jenson Button faz com que este seja o melhor resultado da McLaren-Honda desde o GP da Hungria do ano passado.

Sétimo colocado de Kevin Magnussen e os primeiros pontos da Renault neste seu regresso à F1, como equipe oficial. Romain Grosjean, depois do desastre da China, voltou a pontuar, com o top 10 ficando completo com Sergio Perez e Jenson Button. Carlos Sainz Jr. terminou em 11º mas tem 10 segundos para somar ao seu tempo depois de um incidente com Jolyon Palmer, Daniel Ricciardo foi um dos afetados para confusão das primeiras curvas e ficou nas posições intermediárias terminando em 12º. Max Verstappen ficou pelo caminho com problemas no motor do seu Toro Rosso e nas primeiras curvas ficaram pelo caminho de imediato Sebastian Vettel, como já referimos, mas também Nico Hulkenberg e Rio Haryanto

A Veloxtv, transmitiu a prova em Sochi ao vivo, e continua apresentando sua programação de Fórmula 1.

Classificação

  1. Nico Rosberg GER Mercedes-Mercedes          53 laps  1h 32m 41.997s
  2. Lewis Hamilton GBR Mercedes-Mercedes          +25.022s
  3. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari     +31.998s
  4. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes            +50.217s
  5. Felipe Massa BRZ Williams-Mercedes            +1m 14.427s
  6. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda  +1 lap
  7. Kevin Magnussen DEN Renault-Renault +1 lap
  8. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari        +1 lap
  9. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes       +1 lap
  10. Jenson Button GBR McLaren-Honda  +1 lap

 

  1. Carlos Sainz Jr ESP Toro Rosso-Ferrari            +1 volta
  2. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-Renault                +1 volta
  3. Jolyon Palmer GBR Renault-Renault +1 volta
  4. Marcus Ericsson SWE Sauber-Ferrari    +1 volta
  5. Daniil Kvyat RUS Red Bull-Renault                +1 volta
  6. Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari    +1 v
  7. Esteban Gutierrez MEX Haas-Ferrari        +1 v
  8. Pascal Wehrlein GER Manor-Mercedes                +2 volta

NT Max Verstappen NED                Toro Rosso-Ferrari            34

NT Sebastian Vettel          GER       Ferrari-Ferrari     0

NT Nico Hulkenberg         GER       Force India-Mercedes       0

NT Rio Haryanto                INA         Manor-Mercedes                0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *