Fórmula 1 – Salvação da Williams passa por equipe ‘B’ da Mercedes?

Segundo revela a ‘Auto Motor und Sport’, a Williams vai deixar de utilizar a sua própria caixa de velocidades e passar a usar a da Mercedes em 2019, algo que pode já ter a ver com outro rumor, o de que Lawrence Stroll comprou a Force India. Significando isso que os homens de Grove vão perder o apoio do bilionário canadense, já trabalham para assegurar o futuro que pode passar pela transformação numa espécie de equipe ‘B’ da Mercedes.

 

Neste momento, a Williams está vivendo uma grande crise, e para o comprovar basta olhar para as tabelas dos campeonatos. Depois de ter passado por momentos difíceis entre 2011 e 2013, que por acaso até ‘meteu’ pelo meio o último triunfo da equipe na F1, com a chegada da era híbrida, a aposta na motorização Mercedes mostrou-se muito acertada, como se prova pelas duas vezes em que terminou terceira no Mundial. Só que em 2015 começou a perder competitividade, o que voltou a acontecer em 2016, chegando-se à conclusão que havia problemas com o design dos carros, que tinha sérios problemas aerodinâmicos.

 

Numa tentativa de tentar recuperar um protagonismo que já foi seu por muito tempo, e sair do ciclo vicioso em que se encontrava, para este ano, a Williams alterou radicalmente o conceito do FW41, o que se tem provado ter sido um enorme erro, com a equipe caindo para o final do pelotão.

 

Mesmo com a dupla de pilotos atual, Lance Stroll e Sergey Sirotkin, os dois jovens acabam por ser os menos culpados da espiral negativa em que entrou a equipe. Ouvir Kubica, piloto de reserva, dizendo, quando lhe perguntaram o que podia destacar do FW41, a decoração, diz muito do que é o carro. É verdade que já rolaram cabeças, mas a vida está mesmo muito difícil para os lados de Grove.

 

Com isto tudo, poderão perder (ou já ter perdido) o apoio de Lawrence Stroll, que, de acordo com ‘Auto Bild’, já comprou a Force India. Provavelmente, a Mercedes vai ter a Williams como equipe ‘B’, num processo semelhante ao que a Sauber tem com a Ferrari. Resta aguardar as cenas dos próximos capítulos.

 

Saberemos ao certo todo o movimento da equipe á partir deste final de semana na Hungria e no período de férias das equipes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *