Fórmula 1 – Mudança na equipe Williams, Claire abandona seu cargo.

A vice-diretora da Williams Racing, Claire Williams vai abandonar o seu papel na equipe, após a conclusão do Grande Prêmio de Itália de F1, que se realiza este final de semana. Claire se juntou à Williams a título oficial em 2002, trabalhando no Gabinete de Comunicações. Em 2012, foi nomeada para a Direção com o cargo de Diretora Comercial e de Marketing antes de assumir a gestão cotidiana da equipe, em 2013 como Vice-Diretora. Claire Williams levou a equipe a dois terceiros e dois quinto lugares no Campeonato de Construtores nos últimos sete anos, mas desde aí para cá tem sido sempre ladeira abaixo.

 

O ato final de Claire Williams como vice-diretora, e provavelmente um dos mais cruciais, foi o papel que desempenhou no novo Acordo da Concórdia, recentemente assinado por todas as 10 equipes, documento que abre caminho a uma F1 mais justa, com menos desequilíbrios, isto além de passar a ser um esporte com regulamentos financeiros e técnicos mais equitativos: “É com um coração pesado que me afasto do meu papel na equipe. Tinha a esperança de continuar o meu mandato no futuro e de preservar o legado da família Williams para a próxima geração. No entanto, a nossa necessidade de encontrar investimento no início deste ano devido a uma série de fatores, muitos dos quais estavam fora do nosso controle, resultou na venda da equipe à Dorilton Capital.

 

A minha família sempre colocou a nossa equipe e os nossos funcionários em primeiro lugar e esta foi a decisão absolutamente correta. Sei que neles encontramos as pessoas certas para levar Williams de volta para a frente da grid, preservando ao mesmo tempo o legado Williams.

 

Tomei a decisão de me afastar da equipe a fim de permitir à Dorilton um novo começo como novos proprietários. Não foi uma decisão fácil, mas creio que é uma decisão correta para todos os envolvidos. Tenho sido enormemente privilegiada por ter crescido nesta equipe e no maravilhoso mundo que é a Fórmula 1. Tenho adorado cada minuto e ficarei eternamente grata pelas oportunidades que me foram dadas.

 

Mas é também um esporte incrivelmente desafiante e agora quero ver o que mais o mundo me reserva. Mais importante ainda, quero passar tempo com a minha família.

 

“Gostaria de agradecer à Dorilton o seu apoio e por compreender a minha decisão. Gostaria também de agradecer aos nossos fãs que nos apoiaram nos bons e maus momentos. Na Williams sempre fomos uma família, todos sem exceção em Grove mantiveram-me motivada durante os tempos difíceis e são eles que mais vou sentir falta. É minha esperança genuína que o processo por que passamos lhes traga o sucesso que merecem. E finalmente, gostaria de agradecer ao meu pai por tudo o que ele deu à equipe, ao esporte e à nossa família”, disse Claire Williams.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *