FIA WEC – 6 Horas de Xangai será a última prova do ano.

A supertemporada 2018/2019 do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC) se despede deste ano no próximo fim de semana na disputa das 6h de Xangai, na China. A etapa, que será realizada entre os dias 16 e 18 de novembro, será a quinta prova de um total de oito do evento, que continuará em março de 2019 com a corrida em Sebring, no Estados Unidos. Mais uma vez, o Brasil estará representado com Bruno Senna, na categoria LMP1, e André Negrão, na LMP2.

Com 5.451 metros de extensão, o Circuito Internacional de Xangai, possui 16 curvas, sendo nove para a direita e sete para a esquerda. Com sentido anti-horário, a pista tem uma das maiores retas do calendário, com 1.2 quilômetro. Com vasta possibilidade de ultrapassagem, é enorme a probabilidade de uma disputa emocionante pela vitória em todas as categorias.

Entre as novidades, a corrida marca o retorno da Chevrolet de forma oficial ao campeonato para uma prova que não seja a tradicional 24 horas de Le Mans desde a disputa em Austin, nos Estados Unidos, em 2014. Na LMGTE Pro, um Corvette C7.R na cor prata com detalhes em vermelho e preto terá Oliver Gavin e Tommy Milner ao volante.

Brasileiros falam:

Bruno Senna, piloto da categoria LMP1 na equipe Rebellion Racing
Carro Rebellion R13 – Gibson #1 ao lado de André Lotterer e Neel Jani

“A corrida de Fuji foi muito boa para termos mais conhecimento do carro e confirmarmos que estamos mais próximos da Toyota quando comparamos com Silverstone. Na sexta-feira, em Xangai, teremos um treino extra de pneus que, espero, possa resultar em ainda mais dados para melhorarmos o nosso desempenho. A pista é muito legal, um pouco ondulada, o que não nos favorece, mas a chuva que deve cair no fim de semana pode embaralhar um pouco as coisas”.

André Negrão, piloto da categoria LMP2 na equipe Signatech Alpine Matmut
Carro Alpine A470 – Gibson #36 ao lado de Nicolas Lapierre e Pierre Thiriet

“Fizemos uns ajustes no carro desde Fuji para trabalhar na questão aerodinâmica e aderência como geral. No simulador tudo parece bem, mas precisamos ver na pista. Estamos em primeiro no campeonato um ponto na frente dos nossos concorrentes, então vamos tentar terminar este ano na frente levando uma vantagem para os Estados Unidos em 2019. A pista da China é bem complicada e técnica, mas muito legal. Já andamos bem aqui ano passado, então acredito que temos boas chances de brigar pela vitória”.


PROGRAMAÇÃO (horários de Brasília):

Sexta-feira (16 de novembro)

01h00 até 02h30: Treino livre 1
05h30 até 07h00: Treino livre 2

Sábado (17 de novembro)

23h50 até 00h50: Treino livre 3
06h00 até 06h20: Classificação (LMGTE Pro e LMGTE Am)
06h30 até 06h50: Classificação (LMP1 e LMP2)

Sábado (18 de novembro)

01h00: Largada das 6 Horas de Xangai (6h de duração + uma volta)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *