FIA terá de aprovar sucessor de Bernie Ecclestone.

Em uma conferência da Federação Internacional do Automóvel, em Turim, o presidente Jean Todt referiu que o apontamento de um sucessor para o atual detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1, o incontornável Bernie Ecclestone, terá de ser aprovado pela FIA.

Apesar dos 85 anos de idade, Ecclestone disse já disse por várias vezes que não está interessado em vender a sua participação de 5,3% e muito menos de se retirar das suas funções. Há, no entanto, vozes críticas como a de Sergio Marchionne, presidente da Ferrari, afirma a necessidade e um plano de sucessão que proteja as duas partes.

Todt, por outro lado, diz-se satisfeito com o trabalho realizado por Bernie e esperançoso que o conselho de administração da CVC Capital Partners irá escolher um sucessor à altura no momento certo.

“O atual promotor está realizando um trabalho extraordinário no desenvolvimento da Fórmula 1. Não significa que estejamos sempre de acordo, mas respeito tudo o que ele tem feito. O Bernie tem o seu próprio estilo. Todos têm. Mas há um acionista maioritário – CVC –  composto por pessoas muito boas e talentosas. No dia em que acharem que algo tem que mudar, estou convencido de que saberão o que fazer”, disse Todt, que acrescentou:

“Eles farão uma proposta. Tem de ser concordante com a FIA, mas não tenho qualquer preocupação”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *