F-Truck: Mascarello e Muffato marcam pontos em Cascavel.

A cidade de Cascavel, no Paraná, recebeu neste domingo (20/7) a quinta etapa da Fórmula Truck 2014. E os pilotos da casa comandaram a disputa ao longo de 60 minutos de corrida. Leandro Totti, de Londrina, venceu pela quinta vez consecutiva e, assim, conquistou o título sul-americano da categoria por antecipação. Wellington Cirino, de Francisco Beltrão, completou a dobradinha paranaense. Pela equipe DF Racing Fans, Raijan Mascarello e David Muffato somaram mais pontos no campeonato, após uma prova desafiadora para pilotos e equipamentos.

Com céu aberto e temperatura ambiente na casa dos 21ºC, a corrida deste domingo foi mais uma prova de resistência para os caminhões da Fórmula Truck. Djalma Fogaça, por exemplo, sofreu com uma quebra de motor ainda no treino de aquecimento, pela manhã, e por isso não conseguiu alinhar no grid de largada.

Raijan Mascarello, por sua vez, foi um dos destaques deste domingo no Paraná. O piloto de Sapezal (MT) chegou a ocupar a sétima posição da prova e protagonizou uma das mais intensas disputas de posição da temporada, ao dividir a “curva do Bacião” a mais de 150 km/h com o caminhão de Roberval Andrade. Na última volta, porém, o caminhão #71 do piloto foi atingido em cheio pelo Truck de Débora Rodrigues durante uma tentativa de ultrapassagem. A batida custou ao piloto da DF Racing Fans sete posições na pista.

“Faltavam duas curvas para terminar a corrida e da Débora simplesmente me atropelou”, lamentou Raijan Mascarello. “Foi uma pena porque terminamos em 13º, mas poderíamos estar muito perto do pódio. O saldo positivo é que o caminhão veio bem na corrida, apesar de ainda faltar um pouco de potência. Foi um bom desempenho, que serviu como recompensa para todas as dificuldades que tivemos nos treinos de sexta e sábado. Agora é partir para a próxima com a certeza de que o pódio está cada vez mais próximo”, disse Raijan.

Correndo em casa, David Muffato foi o melhor dos pilotos cascavelenses na prova, ainda que o resultado não tenha sido o esperado para quem largou na quarta fila do grid. O piloto do caminhão #35 teve de fazer uma parada nos boxes para corrigir uma falha em um sensor da turbina e perdeu várias posições. Quando voltou à pista, seu ritmo de prova era igual ao dos líderes, o que lhe permitiu recuperar terreno até entrar na zona de pontos.

“Foi um bom fim de semana, apesar dos pesares. Nossos caminhões se mostraram competitivos mais uma vez, provando que temos todo potencial para brigar por vitórias na Fórmula Truck. De se lamentar, mesmo, é o que aconteceu com o Raijan, que vinha em grande corrida e foi atropelado na última volta. O David também fez uma grande prova, virava tempos iguais aos dos líderes, mas teve um problema em um sensor da turbina. E no meu caminhão, tudo funcionou perfeitamente até a tomada de tempos. Depois tive duas quebras em sequência e não deu tempo de deixar tudo pronto para a largada”, resumiu Djalma Fogaça, diretor e piloto da DF Racing Fans.

A etapa em Cascavel deu início a uma série de provas que a Fórmula Truck fará no sul do continente até novembro. A próxima parada da categoria será em Santa Cruz do Sul, no dia 17 de agosto. Depois, os caminhões vão acelerar na Argentina (em 14 de setembro), em Guaporé (RS, 12 de outubro) e em Londrina, no dia 02 de novembro.

Confira como terminou a quinta etapa do campeonato na Fórmula Truck 2014:

1º) 73 – Leandro Totti (Volkswagen, PR), 27 voltas em 1h00min15s378 (média de 98.5 km/h)
2º) 6 – Wellington Cirino (Mercedes , PR), a 0.313
3º) 77 – André Marques (Volkswagen , SP), a 1.012
4º) 3 – Geraldo Piquet (Mercedes , DF), a 2.469
5º) 4 – Felipe Giaffone (MAN , SP), a 2.761
6º) 55 – Paulo Salustiano (Mercedes , SP), a 9.185
7º) 8 – Adalberto Jardim (Volkswagen , SP), a 9.843
8º) 53 – Ronaldo Kastropil (Mercedes , SP), a 11.464
9º) 51 – Leandro Reis (Ford , GO), a 11.930
10º) 90 – Marcello Cesquim (Mercedes , PR), a 11.953
11º) 15 – Roberval Andrade (Scania , SP), a 25.152
12º) 7 – Debora Rodrigues (Volkswagen , SP), a 29.090
13º) 71 – Raijan Mascarello (Ford , MT), a 35.127
14º) 2 – Valmir Benavides (Iveco , SP), a 38.613
15º) 35 – David Muffato (Ford , PR), a 1 volta
16º) 33 – Michelle de Jesus (Volvo , SP), a 1 volta
17º) 25 – Jaidson Zini (Iveco , PR), a 2 voltas
18º) 99 – Luiz Lopes (Iveco , SP), a 6 voltas
19º) 10 – Jansen Bueno (Scania , PR), a 8 voltas
20º) 80 – Diogo Pachenki (Volvo , PR), a 11 voltas
21º) 12 – Zé Maria Reis (Ford , GO), a 11 voltas
22º) 17 – Gustavo Magnabosco (Volvo , PR), a 20 voltas
23º) 28 – Fabiano Brito (Scania , PR), a 21 voltas
24º) 85 – Danilo Dirani (Scania , SP), a 23 voltas
25º) 20 – Pedro Muffato (Scania , PR), a 24 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *