De último ao pódio: Cozzi conquista uma dúzia de posições em Goiânia.

Um dia que começou com uma péssima notícia terminou com festa para o piloto History Marco Cozzi em Goiânia. Terceiro colocado na pista na prova de sábado, Cozzi foi desclassificado porque as pastilhas de freio do carro #23 não estavam homologadas -por engano, os mecânicos colocaram pastilhas da temporada passada, que não tinham sido regularizadas e tinham performance pior que as da atual temporada.

Mas neste domingo Cozzi escalou o pelotão e, com uma atuação brilhante, terminou de novo em terceiro.

Logo nas duas primeiras voltas, o paulista pulou de 15º e último no grid, para o 11º lugar. Com mais três ultrapassagens, o piloto History se estabeleceu como o carro mais veloz da pista.

Já era quinto na rodada de pit stops obrigatórios.

O pódio veio com mais duas ultrapassagens, a última delas sobre Adibe Marques.

O desfecho ilustrou o potencial que o paulista tinha para vencer se as pastilhas mais novas estivessem colocadas desde o começo.

“Mostramos na pista virando mais rápido mesmo com pneus mais velhos. Se estivesse com a outra pastilha, teríamos chegado em segundo ontem. E hoje a vitória era garantida, se eu estivesse na frente teria andado com folga e escapado. Estou satisfeito, até o fim do ano tem duas corridas em São Paulo e vamos ser campeões. Ali “é nóis”!. Estou bem esperançoso de título”, comemorou Cozzi.

O competidor do carro #23 fez questão de exaltar o trabalho da equipe C2 e destacou que as pastilhas consideradas irregulares não traziam nenhuma vantagem na pista, ao contrário:

“Acabei de entrar nessa equipe, a gente trabalhou muito. O time merecia o resultado de ontem mas foi um erro dos mecânicos, estava todo mundo chorando no box. Era uma pastilha pior, mas vamos olhar para frente e brigar pelo título.”

Não fossem os pontos perdidos na prova de sábado, Marco Cozzi sairia de Goiânia na liderança do campeonato. No fim das contas, ele é o quinto colocado na tabela, a 13 pontos do líder. A próxima etapa da temporada será nos dias 16 e 17 de julho, em Cascavel (PR).

  

Resultado da segunda prova em Goiânia (top5):

1-) 31 Marcio Campos (Motortech Competições) – 18 voltas em 31min41s824

2-) 17 Pietro Rimbano (Cimed Racing) – a 1s277

3-) 23 Marco Cozzi (C2 Team) – a 10s418

4-) 11 Lukas Moraes (RR Racing Team) – a 11s950

5-) 77 Raphael Reis (Hitech Racing) – a 38s822

 

Classificação do campeonato (top5):

1-) Marcio Campos – 79 pontos

2-) Edson Coelho – 72 

3-) Lukas Moraes – 71

4-) Gabriel Robe – 70 

5-) Marco Cozzi – 66

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *