Avaliação da Semana – Andamos na SUV de luxo a RX 350 F-Sport.

Caros amigos internautas e amigos que acompanham as nossas avaliações semanais; nesta semana apresentaremos as nossas análises de um dos veículos mais exclusivos do planeta; a RX 350 F-Sport.

 

Oficialmente no Brasil desde 2012, começa a aparecer mais no mercado nacional apostando nos SUV, entre eles o RX 350 F-Sport, um dos primeiros a desembarcar. Mesmo assim, o design exótico ainda causa estranheza num dos atributos alardeados pela Lexus: a exclusividade que chama atenção.

 

Para quem ainda não conhece detalhes da marca, um mini-guia: o numeral após a sigla refere ao tamanho do motor. Nesse caso, temos um 3.5 V6, com 277 cavalos de potência máxima e torque de 35,3 kgf.m. O câmbio é automático e a tração é integral permanente. Com o pacote de acessórios o valor do veículo é de R$ 279.000,00.

 

O RX 350 F-Sport procura associar o conforto de um carro de passeio com a versatilidade de um utilitário esportivo. O RX350 tem uma aparência esportiva mais suave na frente com molduras exclusivas nos faróis de neblina. As lâmpadas das lanternas traseiras e da placa traseira também foram atualizadas.

 

A dianteira é imponente, com a grade em formato de trapézio e os faróis de xenon no formato de ‘L’. O conjunto resulta num design incomum, denominado ‘’spindle grille’. om o pacote F-Sport, a grade term formato de colméia, para-choques encorpado e luzes diurnas de LED.

 

Na lateral, vincos agressivos seguem a receita de linhas ousadas. As rodas aro 19 tem um tom grafite. As lanternas traseiras também são em LED de há detalhes cromados em diversos. No teto, um rack funcional. SUV de médio porte, possui 4,77 m de comprimento por 1,88 m de altura e 1,72 m de altura. A medida entre-eixos é de 2,74 m. O grandalhão pesa 2.085 kg.

 

Voltada para concorrer com marcas premium como Mercedes-Benz, Audi e BMW a Lexus aposta num design agressivo com linhas que chamam atenção. Essa linguagem também se aplica ao RX 350, que resulta num estilo ‘ame ou odeie’. De toda forma, há um consenso: os ocupantes não vão passar despercebidos.

 

Fabricado no Japão e mirando o mercado norte-americano, o RX 350 foi projetado para agradar aquele consumidor. Conforto é palavra-chave e o grandalhão leva cinco passageiros com muito espaço. O ar-condicionado é digital com duas zonas e os bancos dianteiros têm sistema de aquecimento e regulagem elétrica.

 

Para regular o volante, outro mimo: os controles de altura e profundidade são elétricos. Volante e banco do motorista têm memória para três perfis: ao entrar no carro, ambos recuam para facilitar o acesso. Ao virar a chave, o conjunto retorna a uma das posições memorizadas. Quando o veículo é desligado, mais uma vez banco e volante abrem espaço.

 

Os bancos traseiros têm regulagem de inclinação, dessa vez manual. Duas alavancas rebatem os bancos com facilidade oferecendo 1.132 litros. Na posição normal, o porta-malas leva 446 litros. E a tampa tem sistema de comando elétrico para abertura e fechamento.

O sistema multimídia conta com tela LCD de 8 polegadas. Apesar de não ser touch, o equipamento tem recurso bem interessante: um controle remoto no console central funciona como mouse, tornando fácil a operação. Oferece GPS, DVD Player (só funciona com o veículo parado), entradas auxiliar USB e conexão Bluetooth. São 12 alto-falantes e quatro tweeters

RX350

O veículo é muito bem construído, com acabamento impecável. Há apliques em couro, madeira e plásticos de qualidade e material sensível ao toque. São vários porta-trecos, porta-copos e outros compartimentos, a maioria com tampa. Há câmera de ré e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro.

 

O design da cabine segue a linha ousada e agressiva, com soluções incomuns para os instrumentos, central multimídia e controles de sistemas do carro.

 

O Lexus RX 350 F-Sport tem um powertrain eficiente que oferece desempenho adequado o porte do modelo. O motor V6 3,5 VVT-i 24V DOHC a gasolina controla o tempo de abertura das válvulas de admissão e escape, otimizando a dirigibilidade. O bloco oferece 277 cavalos a 6.200 rotações com torque máximo de 35,3 kfg.m a 4.700 rpm. O câmbio automático de seis velocidades tem modo sequencial com trocas suaves e há opção de modo manual com borboletas no volante.

 

O RX 350 F-Sport possui calibragem da suspensão que privilegia o conforto, mesmo com as esburacadas ruas brasileiras. Apesar dos bons números do motor, na prática temos um desempenho justo. A questão é que o veículo tem mais de duas toneladas, atrapalhando a relação peso-torque e peso potência.

A transmissão de seis velocidades e eletronicamente controlada com inteligência (Super ECT) produz resposta rápida de mudanças de marchas com a ajuda de válvulas solenóides lineares em miniatura de alto fluxo, que controlam o fluido de transmissão.

 

A transmissão automática sequencial permite ao condutor mudar a marcha manualmente quando desejado, primeiro movendo a alavanca para a posição “S” e, em seguida, empurrando-a para frente (+) para avançar as marchas e para trás (-) para reduzir. No modo automático, um conjunto inteligente de mudanças de marcha define padrões com base na velocidade do veículo, posição do acelerador e tipo de superfície percorrida.

 

A suspensão traseira do Lexus RX350 conta com braços triangulares superpostos. Outro benefício importante nessa configuração da suspensão traseira é que o porta-malas tem uma maior área de carga. Já a geometria da suspensão dianteira foi otimizada com uma barra estabilizadora espessa. Molas helicoidais dianteiras se comprimem em direções opostas, impedindo que os efeitos negativos de compressão da suspensão passem para a direção.

 

Em relação à segurança, o RX 350 tem pacote farto. São dez airbags (frontais, laterais, duplos de cortinas e de joelhos) e controles eletrônicos de estabilidade, e tração. Há sistema de partida em rampas, freios a disco nas quatro rodas com ABS, distribuição eletrônica de frenagem e sistema de assistência á frenagem. Há ainda sistema adaptativo de luzes dianteiras, todos os retrovisores são eletrônicos e sistema Isofix para cadeirinhas infantis.

O Lexus RX 350 F-Sport é um SUV de luxo que marca presença por onde passa, graças ao design exótico e exclusividade da marca. É uma opção para quem deseja um modelo premium, mas quer fugir do ‘lugar comum’ de seus concorrentes diretos.

 

Segurança

 

Um dos destaques do RX350 é o sistema VDIM – Vehicle Dynamics Integrated Management (Gerenciamento Integrado do Comportamento Dinâmico), que gerencia de maneira integrada os sistemas eletrônicos e de controle dinâmico do veículo, incluindo freios ABS (que também trazem distribuição eletrônica de frenagem e assistência à frenagem), o controle de tração e estabilidade e a direção assistida. O VDIM foi projetado para antecipar o início de uma derrapagem ou deslizamento do veículo e ajudar a corrigir a situação, controlando a frenagem individualmente nas quatro rodas e as respostas do acelerador.

 

O RX350 possui o Hill-Start Assist Control (HAC – Controle de ajuda de saída em ladeiras), que usa a pressão do freio para ajudar a impedir que o veículo se mova para trás na partida em aclive. Se o veículo estiver parado com o pedal de freio ativado, pressioná-lo mais aciona o recurso. A pressão do freio é então mantida durante aproximadamente dois segundos depois que o pedal é liberado, proporcionando tempo hábil ao condutor mudar para o pedal do acelerador e arrancar.

 

Também é item de segurança do RX350 o apoio de cabeça para os passageiros com sistema mecânico anti-colisão traseira. Esse equipamento limita o movimento do pescoço dos ocupantes do veículo nessa situação, reforçando a prevenção de lesões na coluna cervical.

 

É amigos essa é nossa avaliação deste SUV de luxo, a seguir apresentamos as melhores imagens desta avaliação. Na próxima semana apresentaremos a avaliação do Lexus ES460.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *