Fórmula 1 – Os carros deverão ser dois segundos mais rápidos em 2018.

Na temporada de 2017 da Fórmula 1, os monopostos já foram muito mais rápidos do que em 2016, mas a Pirelli acredita que em 2018 os carros serão ainda mais rápidos, cerca de dois segundos por volta. A velocidade foi mais elevada em todas as pistas este ano. A maior diferença foi em Sepang, em que o tempo da pole position de Lewis Hamilton foi nove segundos mais rápido do que há dois anos – apesar de fatores como as condições meteorológicas, o mês do ano e a repavimentação do circuito também terem ajudado.

Entretanto, a compreensão do regulamento por parte das equipes ainda é relativamente imatura, o que significa que haverá ganhos maiores em 2018. Os dados de simulação das equipes da F1 que a Pirelli recebeu para ajudar a definir quais os compostos que serão utilizados em cada corrida, e as indicações, sugerem outro salto grande  de velocidade.

“No início do próximo ano, as equipes devem ser um segundo por volta mais rápidas, e a velocidade normal de desenvolvimento durante um ano é de 1-1.5s. Portanto, até ao final do próximo ano, eles deverão ser dois segundos por volta mais rápidos. Se tivermos pneus mais macios, os monopostos podem ser ainda mais rápidos. Mas também há um peso adicional com o halo, e isso custará cerca de três ou quatro décimos de segundo também por causa das implicações aerodinâmicas”, comentou Mario Isola, diretor de corrida da Pirelli, em declarações ao site MotorSport.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *