Volkswagen nega interesse em comprar Fiat

AS DUAS EMPRESAS DESMENTIRAM UMA REPORTAGEM ALEMÃ QUE NOTICIAVA SUPOSTA NEGOCIAÇÃO

Na manhã desta quinta-feira (17/07), uma revista mensal alemã publicou em seu site que a Volkswagen estava interessada em comprar a Fiat Chrysler Automobiles e que as montadoras já negociavam uma possível fusão. Não demorou muito para que ambas as empresas negassem a história.

Segundo a Manager Magazin, o presidente da Volkswagen, Ferdinand Piech, vinha mantendo conversas com os donos da Fiat Chrysler para compra total ou parcial da empresa. O periódico afirmou ter ouvido fontes de dentro da montadora, que não podiam ser identificadas.

A revista informava que, ao comprar a Fiat, a montadora alemã esperava usar a rede de distribuição norte-americana da Chrysler para resolver seus problemas de vendas nos Estados Unidos. Já intenção dos donos da Fiat seria mudar o foco para a marca Ferrari.

Um porta-voz da Volkswagen, no entanto, informou à Reuters que a montadora não tem aquisições na agenda atualmente, já que está se concentrando na melhoria do próprio grupo. A holding Exor, da família Agnelli, que detém participação de 30% na Fiat, também negou qualquer tipo de negociação.

Em março, o presidente-executivo da Volkswagen, Martin Winterkorn, afirmou que a montadora, apesar de acumular quase 18 bilhões de euros (R$ 54,4 bilhões), não tinha planos de expandir o grupo por meio de aquisições — o foco era na integração de sua rede de 12 marcas. No início do mês, a empresa ainda negou uma reportagem sobre planos para comprar a fabricante de caminhões americana Paccar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *