Volkswagen do Brasil promove workshop inédito de Comunicação Digital para jornalistas e apresenta sua robusta estratégia de digitalização.

  • Evento contou com palestras de representantes do Google, YouTube, Facebook e Instagram, além da agência de comunicação Ideal H+K Strategies
  • Palestrantes abordam o tema do momento: “Como se tornar um influenciador digital”

 

A Volkswagen do Brasil, alinhada às tendências globais de digitalização, promoveu um workshop inédito de Comunicação Digital para jornalistas nesta quinta-feira (22/9), no Centro de Treinamento da marca em São Paulo. O evento contou com palestras de representantes do Google, YouTube, Facebook e Instagram, além da agência de comunicação Ideal H+K Strategies, que abordaram o tema do momento: “Como se tornar um influenciador digital”. Na ocasião, a Volkswagen do Brasil também apresentou a robusta estratégia de digitalização da comunicação da marca, que tem uma presença impactante na internet, inclusive nas mídias sociais. A empresa também tem investido em tecnologia de realidade virtual, o “Virtual Experience”, para aproximar o público de seus produtos, proporcionando um contato virtual e emocional com o carro.

Na abertura do evento, o Presidente e CEO da Volkswagen do Brasil, David Powels, lembrou que a indústria automotiva é bastante dinâmica e inovadora: “Dinâmica também é a Comunicação, que se torna a cada dia mais digitalizada. A digitalização, como um todo, é um tema estratégico para a Volkswagen. Queremos oferecer uma experiência diferenciada em nossos canais digitais e em nossa rede de concessionárias”. David Powels também lembrou que faz parte da digitalização a Conectividade, que hoje é um dos itens mais valorizados pelos clientes e está presente em produtos da marca. “A Volkswagen não é somente uma marca de carros, mas também uma marca de pessoas. Busca inovação com propósito, que tenha um sentido relevante na vida das pessoas. Desenvolve as melhores inovações capazes de impactar o maior número de pessoas”.

Como se transformar em um influenciador digital?

Esse foi o tema principal do Workshop de Comunicação Digital, que ofereceu aos jornalistas dicas de como eles podem aumentar a visibilidade de suas publicações na internet. Afinal, hoje em dia, os canais digitais estão abertos para que todas as pessoas possam fazer postagens. Vários fatores definem um influenciador digital, entre os quais o número de seguidores/fãs. É fato que com a facilidade de acesso à internet, após a chegada dos smartphones, o mundo vem mudando, assim como o comportamento, os hábitos de consumo, a forma de comunicar via web e também o jeito de escolher as marcas e os produtos.

A gerente de parcerias do Google, Carol Soler, lembrou que por conta do acesso à internet via celular, a forma de consumir informações mudou muito: “Um usuário checa o seu telefone em média 150 vezes por dia. Nós passamos 177 minutos por dia nos nossos telefones”. Ela também afirmou que 53% das pessoas abandonam um site que demora mais de 3 segundos para carregar”. Por isso, é muito importante disponibilizar conteúdo de maneira rápida. “Também é preciso ajustar o conteúdo à audiência que você quer atingir, de acordo com a plataforma que está sendo utilizada e o seu público. As pessoas estão mais conectadas, com mais acesso à informação e usam esse conteúdo para tomar a decisão de compra”. Em sua palestra, Carol também apresentou soluções para produtores de conteúdo, inclusive para criar “sites” para celular eficientes, rápidos e lucrativos.

O diretor de parcerias de conteúdo do YouTube, Eduardo Brandini, lembrou que de cinco anos para cá, houve um “boom” de inclusão digital por conta dos smartphones, que revolucionaram o acesso à internet. “Todo brasileiro está conectado pelo celular. O celular mudou a forma de consumo. E como ter sucesso em canais como YouTube?. O segredo é ter autenticidade e ser um bom contador de histórias”. Segundo Brandini, a audiência é fundamental para o influenciador digital: “Seus fãs são a sua força! Das dez celebridades mais influentes do entretenimento hoje no Brasil, para o público jovem, cinco são YouTubers”. Brandini também lembrou o grande impacto dos vídeos na comunicação digital. O YouTube, por exemplo, conta com 1 bilhão de usuários e 500 horas de upload de vídeo por minuto. “Hoje a internet é um provedor de vídeos, mais do que qualquer coisa e a maior parte da audiência do YouTube é por meio de telefone celular. O YouTube é também uma plataforma de empreendedorismo”. Por isso, ao produzir um vídeo, é preciso pensar como ele ficará nesse formato e tamanho de tela.

Representante do Facebook e Instagram, o gerente de comunicação do Facebook para o Brasil, Bruno Rossini, falou sobre como o mundo já é mobile e como o celular mudou a vida das pessoas. O executivo detalhou como o mobile “move descobertas” e destacou que, por exemplo, 69% das pessoas usam o celular para se informar antes de comprar. Ele ainda apresentou ferramentas para ajudar os produtores de conteúdo a se tornarem ainda mais relevantes na plataforma.

O vice-presidente de Estratégia Criativa da Ideal H+K, Bruno D’Angelo, lembrou que na era da digitalização, o consumo de mídia mudou, sendo que 98% dos brasileiros na internet estão nas redes sociais. Dessa forma, a internet acabou com os intermediários, pois hoje, todos conseguem postar conteúdo. “Esse cenário traz novos formadores de opinião. Isso muda a relação entre as empresas, veículos e causas. Isso muda o jornalismo e a propaganda tradicional. E para ser um influenciador digital é preciso ter alcance real e afinidade com o assunto abordado. O que faz a diferença para todos: seja autêntico em sua opinião, formato, transparência e em seu trabalho”. D’Angelo também lembrou o impacto da digitalização na vida das pessoas: “Quanto mais a tecnologia avança, mais conectadas ficam as pessoas. Isso faz com que a gente fique mais humanizado, pois se quer falar cada vez mais com as pessoas queridas. E isso tudo tem a ver com o posicionamento da Volkswagen, que está focada em pessoas e em tecnologia”. D’Angelo também lembrou que o farto acesso a informações permite que o internauta seja influenciado pelas opiniões mais diversas sobre produtos, inclusive de pessoas que não são especialistas.

Jornalistas que participaram do Workshop de Comunicação Digital da Volkswagen do Brasil afirmaram que o conteúdo será extremamente útil em seu dia a dia de trabalho. “Nós, jornalistas, temos de aprender com esses ‘caras’ como fazer jornalismo nessa nova linguagem digital. Como aparecer mais (na internet) e como o nosso trabalho pode ser visto por mais pessoas. Essas informações serão muito úteis para mim como profissional, pois a digitalização está impactando nosso trabalho como jornalista. A gente vai ter de aprender a conviver com isso, é um novo estágio: ou o jornalista se adapta, ou ele desaparece”, afirmou o jornalista Paulo Brandão, que é diretor e apresentador do programa TV Auto (TV Band Bahia e Sergipe) e presidente do Prêmio Top Car TV.

“O workshop sobre Comunicação Digital realizado pela Volkswagen do Brasil proporcionou uma atualização e o conhecimento de novas plataformas existentes no Google, YouTube, Facebook e Instagram. Nós, jornalistas, temos uma relação direta com a internet e as redes sociais; estamos conectados 24 horas por dia, principalmente pelo nosso trabalho, e é muito importante sabermos como melhorar essa atuação profissional, sabermos o que há de novo e a melhor maneira de informar e interagir com o nosso internauta”, afirmou a jornalista Célia Murgel, editora do Portal MotorCar e presidente da Abiauto (Associação Brasileira da Imprensa Automotiva).

Volkswagen do Brasil tem forte presença no meio digital

A participação da Volkswagen do Brasil no mundo digital é bastante intensa, com sites, blogs e presença marcante nas redes sociais. A marca oferece uma completa plataforma digital, com cerca de 10 sites – entre as páginas de conteúdos institucional, de ofertas e de produtos –, pelos quais os clientes e fãs interagem com a marca, conhecendo os detalhes dos produtos, enviando perguntas, elogiando e expondo suas opiniões. Até o mês de setembro de 2016, juntos, os sites da marca somam mais de 32 milhões de acessos. Em 2015, a marca somou 50 milhões de acessos ao longo do ano.

“Apoiada em pilares como conectividade, tecnologia e inspiração na vida das pessoas, a Volkswagen, por meio da internet, busca reforçar os valores da marca. Queremos intensificar cada dia mais a atuação da marca no meio digital, que é um canal de comunicação democrático e que possibilita a troca direta de informações entre a empresa e o cliente, além de ser hoje a principal fonte de consulta para os consumidores quando o assunto é automóvel”, afirma o gerente executivo de Marketing Comunicação da Volkswagen do Brasil, Leandro Ramiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *