Toyota Bassani mirando títulos!

Felipe Gama e Denis Navarro no pódio da Corrida 2, 7ª etapa em Curitiba – Foto: Glauco Guerin/P1 Filmes

A etapa realizada no Autódromo Internacional de Curitiba, válida pela 7ª e penúltima do calendário da Copa Petrobrás de Marcas, teve como grande vencedora a equipe Toyota Bassani, com o patrocínio da BraClean. O time da montadora japonesa, competindo com o modelo Corolla, marcou simplesmente 67 dos 86 pontos possíveis, o segundo melhor somatório em uma única entre todas as equipes nesta temporada. A melhor totalização é de 68 pontos, conquistados na primeira etapa, pela própria Bassani, e na quarta pela Jupiter Racing.

 #5 de Denis Navarro alinhado no grid da 7° etapa, Curitiba – Foto: Glauco Guerin/P1 Filmes

O domínio na etapa paranaense começou com a pole de Denis Navarro (#5), porém Felipe Gama (#77) largaria em 12°, no meio do pelotão. Apesar disso, o fim de semana reservaria ótimas lembranças para Gama. A corrida 1 reservou muitos toques e escapadas de pista para os mecânicos do Brasileiro de Marcas acertarem para a prova seguinte, poucas horas depois. Navarro soube evitar os choques, porém não conseguiu impedir o ímpeto de Gabriel Casagrande (C2 Team), e assegurou o segundo posto e seu lugar no pódio, além de mais 20 pontos. Gama, largando no meio da confusão e dos toques, chegara em 8°, mas entre os duelos trocando tintas dos carros, o no qual o líder do certame Ricardo Maurício (JLM) acabou passeando na brita, o #77 fora penalizado em 20 segundos no tempo final, caindo para a décima posição.

Os carro da da Toyota Bassani nos boxes, 7ª etapa em Curitiba – Foto: Glauco Guerin/P1 Filmes

O pouco tempo entre as provas talvez tenha sido suficiente para injeção de adrenalina nos pilotos e equipe. Corrida 2, grid invertido entre os 8 primeiros da primeira prova, Navarro partindo em 7° e Gama em 10°. A largada mostrou bem o espírito e a vontade dos competidores, sem um segundo para se relaxar, pois os embates afervoravam em cada metro da pista curitibana. Felipe Gama pulou logo no início para a ponta, aproveitando todos momentos de deslizes ou porta aberta dos adversários para ultrapassar. Denis Navarro foi mais contido nos botes, mas sua postura se mostrou sábia. Enquanto estava na quinta posição, com Vitor Meira (Amir Nasr Racing) e Cesinha Bonilha (Jupiter Racing) na Alça de mira, aguardou o final deste embate para seguir sem problemas. Afinal, Meira e Bonilha fizeram estragos nas carenagens de seus carros.

 Denis Navarro no pódio da Corrida 2, 7ª etapa em Curitiba – Foto: Glauco Guerin/P1 Filmes

E não é que aquele que largou novamente no meio da confusão conseguiu a vitória? Felipe Gama disparou na liderança e venceu com folga a sua 5ª prova no Brasileiro de Marcas, a primeira neste ano e com a Bassani. Denis Navarro ainda disputou com Vitor Meira pelo 3° lugar do pódio, definindo a luta na bandeirada final. Ótimo final de semana do time de Eduardo Bassani, colocando a equipe na vice liderança e seus dois pilotos com chances reais de título. A última etapa, em Goiânia dia 23 de Novembro, contará com pontuação dobrada, ou seja, cada vitória somará 46 pontos para pilotos e equipes. E entre as montadoras, a Toyota agradece a pontuação da Bassani, pois agora abriu vantagem sobre a Honda. Fique de olho, pois este time da Toyota virá ainda mais forte para colecionar mais troféus!

By Esteves e Guerin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *