Seis pilotos disputam temporada de 2015 do Moto 1000 GP pela Target Race.

Sediada na cidade de São Paulo, a Target Race prepara-se para firmar-se em 2015 como uma das principais equipes do Moto 1000 GP. A equipe volta ao grid do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade confirmando a presença de seus pilotos em três de suas categorias. Todos eles vão competir inscritos com motocicletas Kawasaki nas oito etapas desta temporada – a primeira delas está confirmada para 3 de maio em Curitiba.

O piloto da Target Race na GP 1000, série principal do Moto 1000 GP, será o italiano Sebastiano Zerbo. Três pilotos vão integrar o grid da GP Light: o sul-mato-grossense Erlon Franco, o baiano Marcos Prata e o paulista Wellison Rocha. O paulista Denis Perenyi e o amapaense Marcos Macapá completam o time de pilotos da equipe, inscritos na GP 600 – ambos integram a classe Evo, destinada a pilotos em fase de evolução de suas carreiras.

O chefe de equipe Carlos “Kabello” Martinez assume que a expectativa da Target Race é audaciosa. “Sem prepotência, queremos a taça de campeão nas três categorias. Sei que querer não é poder, mas vamos trabalhar duro para trazer o maior número de títulos”, diz. “A equipe está preparada e, como temos um piloto profissional e experiente como o Zerbo, estudamos criar uma escola para auxiliar pilotos amadores a se tornarem profissionais”.

Martinez destaca o potencial de visibilidade do Moto 1000 GP. “Estando em três categorias, multiplicamos por três a exposição das marcas dos nossos parceiros e as nossas. Quanto maior for a visualização, maior será o retorno de mídia. Vemos isso como uma necessidade para manter a adesão dos parceiros na próxima temporada”, explica o chefe de equipe. “Até por isso, teremos todo o empenho para buscar esses três títulos”, acrescenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *