Salas é segundo em Curitiba e aumenta vantagem no Brasileiro de Turismo

Corrida confusa teve safety car por quase 5 voltas, mas jundiaiense conseguiu avançar e garantir pódio

 O sábado do piloto Guilherme Salas em Curitiba teve altos e baixos. Após um bom treino livre pela manhã – em que terminou em segundo lugar, apenas 92 milésimos de segundo atrás do líder de sessão -, o jundiaiense teve dificuldades pela grande mudança de temperatura da pista na hora da classificação.

Realizada sob um forte sol, o treino classificatório rendeu a Salas apenas a 4ª colocação no grid de largada, muito aquém do que o piloto esperava. “Nosso carro tinha um setup bom, mas a temperatura da pista aumentou muito e nossa performance piorou na tomada” lamentou o piloto.

Na corrida, realizada no final da tarde e já com temperatura mais amena, Salas previa que o rendimento seria melhor e poderia ganhar posições e até brigar pela liderança. Antes mesmo da largada o carro de Flávio Matheus, que largaria à frente de Salas, teve problemas e o piloto precisou largar do final do grid. Salas teve, então, pista livre à frente para largar, mas logo na primeira curva um acidente entre dois outros concorrentes o fez perder tempo e cair para sexto.

A partir daí o jundiaiense impôs um ritmo forte e ganhou duas posições antes da entrada do safety car para que fosse feita a remoção de um carro que rodou e ficou preso na brita em local perigoso. Nesse momento Salas ganhou a posição de Pedro Boesel, que teve que cumprir uma punição pelo acidente na primeira volta.

Ao final da 11ª volta a direção de prova autorizou a relargada, e Salas foi à caça do segundo colocado, Marcio Campos. Sob forte pressão, Campos acabou cometendo um erro que permitiu a ultrapassagem de Salas, que sem condições de atacar o líder Marco Cozzi, terminou em segundo. “Não tínhamos o melhor equipamento hoje, tivemos algumas dificuldades no acerto apesar dos esforços da minha equipe em melhorar o carro. Então, o segundo lugar foi muito bom para mim, pelas condições que estávamos” concluiu.

Com o resultado, Salas somou mais um ponto na diferença que o separa de Campos na tabela de pontuações, e agora lidera com 12 de vantagem. Amanhã, a segunda corrida da etapa será realizada às 8h30, e o grid de largada será o resultado da prova de hoje.

Resultado da primeira corrida da sexta etapa (sábado, 30 de agosto)

1) 23 – Marco Cozzi (Carlos Alves), 17 voltas em 00:26:37.144
2) 17 – Guilherme Salas (W2 Racing), a 1.894s
3) 31 – Marcio Campos (Motortech Competições), a 2.342s
4) 26 – Raphael Abbate (W2 Racing), a 6.151s
5) 44 – Betinho Gresse (Nascar Motorsport), a 6.360s
6) 27 – Christian Castro (Motortech Competições), a 7.704s
7) 3 – Tito Morestoni (R Sports Racing), a 9.768s
8) 32 – Fernando Fortes (J.Star Racing), a 11.292s
9) 77 – Pedro Saderi (Hitech Racing), a 16.357s
10) 2 – Mauri Zacarelli (Hitech Racing), a 20.255s
11) 79 – Adibe Marques (Voxx Racing), a 20.505s
12) 11 – Pedro Boesel (Mottin Racing), a 44.973s
13) 13 – Rodrigo Gil/Rodrigo Bonora (RKL Competições), a 47.558s
14) 36 – Flavio Matheus (Carlos Alves), a 1 volta
15) 69 – Gustavo Myasava (J.Star Racing), a 2 voltas
16) 88 – Edson Coelho (R Sports Racing), a 3 voltas
17) 55 – Renato Braga (RKL Competições), a 14 voltas
18) 43 – Vicente Orige/Gustavo Martins (Mottin Racing), a 17 voltas

Tabela (extra-oficial) de pontuações do Campeonato Brasileiro de Turismo (10 primeiros)

1) 17 – Guilherme Salas, 142
2) 31 – Marcio Campos, 130
3) 23 – Marco Cozzi, 120
4) 88 – Edson Coelho Jr., 118
5) 26 – Raphael Abbate, 116
6) 11 – Pedro Boesel, 89
7) 36 – Flávio Matheus, 82
8) 27 – Christian Castro, 71
9) 77 – Pedro Saderi, 69
10) 44 – Beto Gresse, 68
g.salas_brt06_03 g.salas_brt06_01

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *