No ritmo da Copa, Indy tem pódio 100% colombiano. Tony é tirado em 3º

No mesmo momento que a seleção colombiana vencia o Uruguai no Maracanã, Carlos Huertas, Juan Pablo Montoya e Carlos Munoz faziam história em Houston

 

Que dia para os colombianos! No exato momento em que o juiz apitava o fim da partida para ahistórica vitória da Colômbia sobre o Uruguai no Maracanã, pelas oitavas de final da Copa do Mundo de futebol, outros três colombianos recebiam a bandeira quadriculada para um outro feito histórico nos Estados Unidos. Carlos Huertas (Dale Coyne Racing), Juan Pablo Montoya (Penske) e Carlos Munoz (Andretti Autosport) protagonizaram um pódio 100% colombiano na corrida 1 da rodada dupla da Fórmula Indy neste fim de semana em Houston. O brasileiro Tony Kanaan (Ganassi) teve tudo para chegar em terceiro, mas foi atingido na última volta por Graham Rahal quando a corrida estava sob bandeira amarela. O americano recebeu a bandeirada em terceiro, mas acabou punido. Helio Castroneves foi o 9º.

Em uma corrida que começou com chuva, o novato Huertas – que largara em 19º – pintou como zebra no pelotão da frente nas voltas finais ao apostar em uma estratégia arriscada que poderia lhe deixar sem combustível. Seu companheiro de time, Justin Wilson, por exemplo, estava em estratégia similar, e liderava a prova, mas precisou ir para os boxes.

A quatro minutos do fim, porém, o acidente entre Ryan Briscoe e Sebastian Saavedra evitou que Huertas tivesse o mesmo destino do parceiro de time. Com o acionamento das bandeiras amarelas, o colombiano pôde economizar combustível e levar o carro até a bandeira para um triunfo inédito na carreira.

– Sempre foi possível vencer. O time fez um ótimo trabalho. E quando se faz as coisas certas na hora certa, sempre é possível vencer – garantiu Huertas.

Americano bate em Kanaan durante bandeira amarela e acaba com sonho do pódio

A corrida ainda terminaria com uma volta em bandeira verde e Montoya teria a chance de alcançar sua primeira vitória no retorno à Indy. Mas Graham Rahal cometeu uma barbeiragem daquelas e acertou Kanaan antes da relargada. Por causa da batida, o safety car precisou continuar na pista e a prova terminou em bandeira amarela.

Enquanto Tony foi forçado a abandonar a prova, Rahal ainda conseguiu levar seu carro danificado até a linha de chegada. Mas por causa da batida, levou uma penalização de 30s de acréscimo ao seu tempo e despencou para a 11ª posição. Com isso, acabou promovendo Carlos Munoz (Andretti Autosport) para a terceira posição, dando cores finais ao pódio 100% colombiano.

– Disse “sinto muito” para Kanaan. Eu estava tentando manter os pneus secos e quando o pelotão se aproximo, não consegui ver. Não havia ninguém mais rápido que a gente na pista. Se tivéssemos terminado a prova em bandeira verde eu teria vencido – lamentou Rahal.

 

Tony Kanaan em Houston pela Fórmula Indy
Tony Kanaan em Houston pela Fórmula Indy

Tony não escondeu a irritação com o episódio:

– Tenho que ser profissional. Tenho um time e bons patrocinadores para representar e não posso fazer o que gostaria de fazer. É uma pena. Lutamos o dia todo e ser tirado deste modo é estúpido. Quero acreditar que ele não fez de propósito. Ele veio pedir desculpas, mas isso não tira minha frustração. Estou louco com ele? Sim. Posso voltar no tempo. Não?

Prejudicado pelos imprevistos, Castroneves, que passou boa parte da prova no Top 5, acabou cruzando em nono. Sebastien Bourdais e James Hinchcliffe, que pintavam como favoritos à vitória durante a prova, completaram os cinco primeiros. Apesar de bater e completar a corrida em 11º, Will Power segue na liderança do campeonato com 386 pontos. Helinho ainda é vice-líder com 353, enquanto Kanaan é o nono com 206.

Neste domingo, os pilotos disputam a corrida 2 do fim de semana em Houston, a partir das 16h45 (de Brasília).

Carlos Huertas comemora sua primeira vitória na Fórmula Indy, em Houston
Carlos Huertas comemora sua primeira vitória na Fórmula Indy, em Houston

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *