MotoGP: Honda com pior resultado desde 1982.

A equipe que tem dominado o Mundial de MotoGP nos últimos anos, a Honda viveu um fim de semana para esquecer no Grande Prêmio das Américas, terceira rodada da temporada de 2019.

Das quatro motos que tem no atual grid de largada, o construtor japonês apenas viu uma moto completar a corrida, no caso a moto de Takaaki Nakagami no 10º lugar. Já os restantes pilotos abandonaram por queda, Marc Márquez e Cal Crutchlow, ou problemas técnicos, como aconteceu com Jorge Lorenzo.

Um resultado global que foi o pior da Honda na categoria principal desde 1982, então no Grande Prêmio de França. Na pista de Nogaro nenhum das quatro Honda conseguiu terminar a corrida.

Essa semana as equipes estão participando de testes coletivos, e a honda procura por algumas atualizações para melhoria de seu equipamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *