MINI Coupé e MINI Roadster: dois atletas encerram suas vitoriosas carreiras.

  • A fabricante britânica de veículos premium dá continuidade à transformação de geração em seu planejamento produtivo – a produção de modelos com dois lugares na fábrica da MINI em Oxford será finalizada conforme previsto

 

Transição na fábrica da MINI em Oxford: enquanto a demanda mundial do novo MINI 3 portas e do novo MINI 5 portas lançados há alguns meses aumenta constantemente, a produção de duas versões da geração anterior do MINI está prestes a chegar ao fim.  Os dois atletas com capacidade para dois lugares, o MINI Coupé e o MINI Roadster, encerraram suas carreiras juntos conforme planejado. Com isso, a fabricante britânica de veículos premium continua a transformação de geração em sua programação de produção na fábrica de Oxford. O novo MINI 5 portas é atualmente produzido lá com sete versões de motor, assim como o novo MINI 3 portas.

 

O MINI Coupé foi originalmente lançado no “Green Hell”: o modelo teve o seu lançamento mundial na corrida de 24 horas de duração no Nürburgring Nordschleife, pouco antes de sua aparição no Salão de Frankfurt, em 2011. O MINI John Cooper Works Coupé Endurance tirou o desafio de letra, comprovando não apenas os atributos esportivos como também a confiança do primeiro veículos de dois lugares da marca MINI. Desde então, o MINI Coupé vem proporcionando a sensação eletrizante do “go-kart feeling” com seus potentes motores, configuração específica de suspensão, centro de gravidade baixo e um spoiler traseiro que se expande automaticamente em altas velocidades. A combinação perfeita com suas propriedades de condução, o inconfundível teto do carro com spoiler integrado e uma silhueta plana dão ao MINI Coupé um aspecto atlético e marcante.

 

A última comprovação da popularidade do MINI Coupé foi a vitória em sua categoria na premiação “Best Cars 2015”, em eleição que contabilizou os votos dos leitores da revista de automóveis “auto, motor und sport”. Agora, o vencedor do ranking de veículos compactos premium chega a sua reta final – juntamente com o MINI Roadster, cuja carreira definida por pura diversão ao volante e um espontâneo prazer de condução também está prestes a chegar ao fim.

 

A fabricante britânica de veículos premium conseguiu conquistar atratividade no setor também com o MINI Roadster. O primeiro conversível de dois lugares na história da marca possui um teto de tecido que se abre rapidamente, seja de forma manual ou semiautomática, como um recurso opcional. E mais, o MINI Roadster – assim como o MINI Coupé – oferece um grau impressionante de funcionalidade com seu espaçoso compartimento para bagagens completo com opção de rebatimento do banco.

 

A nova geração do MINI, lançada recentemente em suas versões 3 e 5 portas dá continuidade ao sucesso da marca. Assim como o novo MINI 3 portas, o novo MINI 5 portas também oferece ao redor do mundo uma escolha de três motores a diesel e quatro a gasolina, abrangendo uma faixa de potência de 55 kW/75 hp a 141 kW/192 hp. O último incorporado à nova geração é o extremamente atlético MINI John Cooper Works, cujo motor turbo com 4 cilindros mobiliza a maior potência jamais registrada em um dos modelos de série da marca em 170 kW/231 hp.

 

Enquanto isso, a fábrica da MINI em Oxford continua produzindo uma garantia de pura diversão de condução ao ar livre. O MINI Cabrio está disponível globalmente nas variações com dois motores a diesel e três a gasolina, e o MINI John Cooper Works Cabrio ainda continua disponível também.

 

No segmento de compactos premium, o MINI Countryman e o MINI Paceman também estão seguindo uma trajetória de sucesso. O versátil veículo de cinco lugares e o Sports Activity Coupé também oferece uma grande variedade de motores. E mais, os dois modelos podem ser opcionalmente equipados com o sistema de tração nas quatro rodas ALL4, desenvolvido especialmente para o MINI.

 

Para mais detalhes sobre os dados de consumo de combustível, emissões específicas de CO2 e consumo de energia dos novos carros, consulte o “Manual de consumo de combustível, emissões de CO2 e consumo de energia dos novos carros”, disponível no site http://www.dat.de/angebote/verlagsprodukte/leitfaden-kraftstoffverbrauch.html. ManualCO2 (PDF ‒ 2.7 MB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *