Mercado Internacional – Primeiras fotos do novo Ford Mustang Mach-E verteram.

O configurador do carro mostrou as imagens e os dados mais sensíveis do modelo que será apresentado no domingo.

 

A traição veio do configurador norte americano, o mesmo onde já está, também, o Bronco. O carro terá várias potências que asseguram aceleração 0-100 km/h entre 3,5 e 6,5 segundos e uma autonomia entre os 370 e os 480 quilómetros, podendo ter tração traseira ou integral.

 

O fato do carro ostentar o nome Mustang, quer dizer que a Ford tem planos para lançar uma família de modelos com o famoso nome do “pony car” da casa da oval azul, capitalizando sobre um nome que é famoso em todo o Mundo.

Se quiser um Mustang Mach-E, no domingo após o lançamento, clique no site de internet e com um depósito de 500 dólares fica na fila para poder comprar um Mach-E.

 

O Mustang Mach-E deverá chegar ao Velho Continente no segundo semestre de 2020. A Ford irá lançar outro crossover, mais acessível, que é conhecido como CX430 e terá a base do Focus e do Kuga, sendo totalmente elétrico. Entretanto, a montadora americana vai descontinuar alguns modelos da sua gama americana como o Taurusm Fusion, Focus e o Fiesta, este que foi um dos modelos que menos sucesso conheceu no mercado norte americano.

Com estas decisões, a Ford optou por sair do segmento das SUVs pela primeira vez em 110 anos, deixando claro que a prioridade está, agora, no lucro e não na diversidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *