Mercado Internacional – Oliver Blume, CEO da Porsche, sob investigação.

A investigação que esta sendo feita na Porsche, já tem um rosto: o CEO da montadora alemã estará, alegadamente, a ser investigado por abuso de confiança.

Segundo o jornal alemão Stuttgarter Nachrichten, Blume pode ter aprovado pagamentos a um membro do conselho de administração da Porsche e contribuído para o uso indevido de fundos corporativos. Tudo isto é uma alegação feita por aquele órgão de comunicação social alemão sem citar nenhuma fonte.

A procuradoria geral de Stuttgart recusou comentar o caso, a Porsche também não comenta e ficamos á espera de mais pormenores sobre este caso e sobre a investigação feita por 176 policias e inspetores fiscais, ás instalações da Porsche e de seis colaboradores da casa de Zuffenhausen. A investigação gira em torno de pagamentos desproporcionais a um membro do conselho de trabalhadores da Porsche. Os escritórios de Blume também foram vasculhados.

A pena para abuso de confiança na Alemanha é de 10 anos de prisão. Recordamos que a Porsche foi forçada a pagar uma multa superior meio bilhão de euros pelo seu envolvimento no Dieselgate.

2 comentários em “Mercado Internacional – Oliver Blume, CEO da Porsche, sob investigação.

  • 4 de junho de 2019 em 14:30
    Permalink

    Prezados,

    Favor verificar a ortografia e o valor da multa paga não foi de meio milhão de euros, e sim de meio bilhão de euros.

    Obrigado

    Resposta
    • 9 de junho de 2019 em 14:11
      Permalink

      Leonardo, obrigado pela informação. Já fora corrigido.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *