Maseratti Ghibli Hybrid apresentado é o primeiro elétrico da montadora italiana.

O Ghibli foi o modelo escolhido pela casa do Tridente para entrar no mundo da eletrificação pela primeira vez na sua história.

É um dos mais ambiciosos projetos da Maserati, assinalando, depois do anúncio do novo motor para o superesportivo MC20, mais um decisivo passo para uma nova era na marca italiana.

 

O desafio de entrar na mobilidade eletrica sem alterar a filosofia e os valores da Maserati foi complicado, tendo a casa italiana escolhido o Ghibli para a estréia, pois trata-se de um sedã elegante que desde que foi lançada em 2013 já vendeu mais de 100 mil unidades.

O Ghibli Hybrid recebeu atualização de estilo com denominador comum a cor azul, escolhida para identificar todos os modelos com tecnologia híbrida. No exterior, essa cor azul é aplicada nas três tomadas de ar laterais, nas pinças de freios e no raio da oval que envolve o Tridente, colocada no pilar traseiro.

 

O mesmo tom de azul reaparece no interior, em particular nas costuras bordadas dos bancos. Há novos conteúdos estilísticos, nomeadamente a nova grade frontal, com barras redesenhadas para representar um diapasão. Foram operadas modificações significativas na traseira, onde os faróis foram totalmente redesenhados, com um perfil ao estilo de um bumerangue, inspirado pelo 3200 GT e pelo protótipo Alfieri.

O sistema híbrido da Maserati combina um motor de combustão interna (com 4 cilindros, turbocompressor e 2.0 litros) com um alternador de 48 Volt e um sobrealimentador elétrico adicional (e-Booster), apoiado por uma bateria. Esta solução é única no seu segmento, reclama a Maserati. A bateria está montada na traseira do veículo, com benefícios em termos de uma melhor distribuição do peso. Esta versão pesa cerca de 80 kg menos do que o Ghibli Diesel.

Contas feitas, são 330 CV e a um binário máximo de 450 Nm, disponível a partir das 1500 rpm, oferecendo uma velocidade máxima de 255 km/h e uma aceleração 0-100 km/h em 5,7 segundos.

 

O Ghibli Hybrid assinala, igualmente, a estreia do Maserati Connect, que permite estabelecer uma ligação permanente com o automóvel: a troca e informação prossegue quando em movimento, para melhorar os serviços oferecidos. Além de atualizar o software, o Sistema realiza verificações no veículo e monitoriza os serviços de Safety Security em condições de emergência.

 

O sistema multimedia “Maserati Intelligent Assistant” é de última geração e a Maserati diz que é totalmente personalizável em função das preferências pessoais do condutor. Há, também, um novo painel de instrumentos com mostradores digitais e novo grafismo.

 

Galeria de Imagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *