JAC MOTORS lança T8 e estréia categoria inédita no mercado brasileiro.

ü    Visando um mercado ainda não atendido, a T8 propõe o transporte de sete pessoas e bagagem com grande requinte e comodidade;

–     A primeira maxivan do mercado nacional vem ocupar um nicho que representa, em média, 2% das vendas de automóveis de passeio na Europa;

–    Com permissão para ser conduzida por motoristas com CNH de categoria “B”, a JAC T8 promete revolucionar o segmento em um ano em que o País busca alternativas para o transporte executivo de passageiros;

–    Equipada com motor 2.0 16V turbo, que rende 175 cv, e câmbio manual de 6 marchas, a T8 fornece um desempenho compatível com a de automóveis de passeio, mas é o único veículo do Brasil capaz de acomodar perfeitamente sete pessoas;

–    Como todo modelo da JAC Motors, a T8 vem completa: airbag duplo, direção hidráulica, ar-condicionado (com controle independente para os passageiros), rodas de liga, kit multimídia, trio elétrico, freios ABS, entre outros.

 

O cenário ideal para a criação de um novo segmento.

 

A JAC Motors prepara um de seus lançamentos mais impactantes. O T8, maxivan que comporta confortavelmente motorista e seis passageiros, vai ocupar um espaço único no mercado brasileiro. Oriunda de um segmento extremamente competitivo no mercado chinês, em que a marca é líder – o das vans de transporte de passageiros –, o JAC T8 propõe-se a cumprir uma missão que nenhum modelo vendido no Brasil era capaz: transportar com extremo conforto sete pessoas. Parecia simples. Mas nenhum carro ou van do mercado atingia essa proeza.

 

Antes de efetuar o lançamento, a JAC Motors experimentou uma longa trajetória de “clínicas” com futuros clientes, uma delas, inclusive, com jornalistas especializados. Destinada fundamentalmente a empresas que necessitam de carros grandes para traslados executivos, a T8 recebeu dezenas de aprimoramentos e adaptações antes de ganhar os espaços dos show rooms da rede autorizada JAC Motors no País.

 

Em sua maioria, a clientela queixava-se da ausência de um veículo que pudesse transportar, por exemplo, quatro pessoas e bagagem, o que é extremamente comum a empresas contratadas por resorts, por exemplo. De acordo com esses usuários, os maiores sedãs não comportavam esses serviços, à medida que as três pessoas que viajariam no banco traseiro não encontravam o conforto requerido. Com minivans, adotando a mesma situação, o problema reside na falta de espaço no porta-malas para acomodar a bagagem de quatro pessoas.

 

E se fossem cinco? Ou seis?

 

A solução sempre recaiu nas vans. Originalmente concebidas para o transporte de carga, elas acomodam, em sua maioria, 15 pessoas ou mais. Mas nenhuma delas é dotada de assentos confortáveis e espaçosos, mas sim pequenos bancos, colados e estreitos, que provocavam desconfortos em viagens mais longas. Todas elas, também, sofrem com o alto nível de ruído, provocado pela motorização a diesel. Outra conseqüência apontada nas clínicas era a precariedade no desempenho desses vans e a falta de praticidade, pois os tetos altos não permitem que se entre sob algumas marquises de portarias de hotéis, por exemplo.

 

O que havia não era o ideal. Mas, com a chegada da T8…

 

Com a profusão da indústria do turismo no Brasil, principalmente em 2014 e nos próximos anos, a chegada da JAC T8 parece perfeita. Indiscutivelmente, existe a necessidade de um veículo que priorize conforto e bem-estar a bordo, considerando o fluxo de turistas (brasileiros e estrangeiros) que estará se deslocando pelos aeroportos do país. Com 5,1 metros de comprimento, 1,84 metro de largura e 1,97 metro de altura, o que torna a JAC T8 um veículo “compacto” para transporte de passageiros frente às vans, o modelo oferece toda a comodidade que suas supostas concorrentes não possuem. Ela é configurada no formato 2+2+3, onde as poltronas da fileira intermediária são individuais, reclináveis, removíveis e giram 360 graus. Mas isso não é tudo: o novo JAC Motor é equipado com bancos dianteiros com aquecimento e ajuste elétrico, teto solar, ar-condicionado com controle independente para o compartimento traseiro, luzes individuais de leitura, central multimídia com entrada USB e Bluetooth; entre outros itens.

 

A distância entre-eixos de 3,08 metros elimina quaisquer problemas quanto à acomodação das pernas de cada passageiro. E o melhor: atrás da última fileira de bancos, com o posicionamento “padrão”, o espaço para bagagem permanece generoso: são 1.310 litros, o que acondiciona malas de vários passageiros. Se necessário, todos os bancos traseiros podem ser retirados, revelando um espaço de carga digno de um furgão. Sem a última fileira de bancos, o espaço para carga sobe para 3.550 litros. Ou 4.800 litros se retirados também os dois centrais.

 

Trazendo ainda acendedores de cigarro e tomadas 12v de sobra, seis alto-falantes, rádio MP5 com antena externa e 6 porta-copos, não é só pela preocupação com os passageiros que a T8 quer ser reconhecida. O motorista que guiar a maxivan de luxo pode contar com volante revestido em couro com regulagem de altura, comandos multifunção e direção hidráulica. O veículo também inclui computador de bordo, abertura interna da tampa do tanque de combustível, retrovisores com acionamento elétrico e repetidor de seta, vidros elétricos, faróis com regulagem elétrica de altura, desembaçador traseiro, retrovisor interno antiofuscante, limpador traseiro com temporizador e quebra-sol com espelho de cortesia.

 

Performance e segurança à altura

 

O motor 2 litros, com 16 válvulas e turbocompressor, assistido por intercooler, da T8 é mais do que suficiente para enfrentar os desafios do trânsito e das rodovias sem grandes esforços. Acoplado a uma caixa transmissão manual de seis velocidades, ele rende potência máxima de 175 cv a apenas 5.400 rpm, com o torque máximo de 260 Nm mantendo-se constante de 2.000 a 4.000 rpm. Essa receita permite ótimo equilíbrio entre performance e consumo de combustível, uma vez que a elasticidade do propulsor, associada às relações longas de marchas, garante uma dirigibilidade convincente – velocidade máxima de 165 km/h –, mesmo com o carro carregado, sem qualquer prejuízo à economia de combustível. Com uma capacidade de 80 litros no tanque de gasolina, a JAC T8 possui grande autonomia.

 

Sem nunca esquecer do conforto, o modelo possui suspensão dianteira com triângulos inferiores e superiores. Na traseira, que recebe o diferencial – a tração da T8 é nas rodas de trás –, a suspensão é constituída por um eixo rígido. Ambas contam com molas helicoidais progressivas e barras estabilizadoras. As rodas de 17” são em liga de alumínio com pneus 225/60 e os freios tanto dianteiros como traseiros são a disco ventilado com ABS e EBD.

Para não pecar em nenhum aspecto e alcançar bons resultados em conforto, desempenho e também segurança, o T8 vem com airbag duplo, cintos traseiros laterais de 3 pontos, travamento automático das portas à 15 km/h, sensor de estacionamento traseiro com câmera, portas com barras de proteção lateral, trava central e chave com destravamento remoto das portas, além de alarme antifurto.

CRL_5889 CRL_6046 CRL_6193

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *