Formula E: Spark-Renault conclui os primeiros testes.

  • O monoposto 100% elétrico, Spark-Renault SRT_01E, acaba de fazer seus primeiros testes no circuito da cidade francesa de Ferté-Gaucher.
  • Após ter sido mostrado pela primeira vez em setembro no Salão do Automóvel de Frankfurt, o monoposto transpõe uma nova etapa de seu desenvolvimento com estas rodagens.
  • A Renault estava presente no circuito como parceira técnica, para contribuir com sua expertise tanto em competições como em veículos elétricos.

Foi no circuito localizado na cidade francesa de Ferté-Gaucher, na França, que o monoposto elétrico Spark Renault SRT_01E realizou seu primeiro teste de rodagem, com sucesso, no último dia 22. Pilotado pelo brasileiro Lucas di Grassi, o Spark Renault completou 40 voltas em dois dias. O objetivo deste primeiro teste de rodagem era verificar o correto funcionamento de todos os sistemas. Para estes testes, o monoposto foi equipado com uma pequena bateria, que limitou a potência máxima do carro a 50 kW, ou seja, um quarto dos 200 kW máximos (270 cv) que o monoposto apresentará em competições.

 “Dirigir este Formula E pela primeira vez foi uma experiência incrível”, informou Lucas Di Grassi. “Posso garantir a todos os pilotos que eles terão muito prazer com este car ro, mesmo com um quarto de sua potência – ele tem bastante aderência e o motor elétrico entrega bastante torque.”

Pierre Calippe, Renault Sport Technologies: “Foi um verdadeiro prazer e até mesmo muito emocionante participar destes primeiros testes de rodagem com o Spark Renault SRT_01E. Estamos envolvidos no projeto há quase um ano e esses dias de testes foram uma etapa importante no calendário de desenvolvimento. Pudemos verificar que todos os sistemas eletrônicos e elétricos estão funcionando como previsto, sem nenhuma interferência maior. A estratégia de troca de marchas já está funcionando muito bem e a bateria, mesmo em versão ainda não definitiva, responde corretamente às solicitações. Ainda há muito a ser feito, mas estamos em um ritmo bom: os parceiros estão tra balhando juntos na busca de inovações. Acho que já podemos dizer que o carro será bastante impressionante de ver, escutar e, logicamente, dirigir”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *