Fórmula 1 – Para Matia Binotto a Scuderia Ferrari não precisa de mudanças drásticas.

O diretor técnico da Scuderia Ferrari de Fórmula 1, Mattia Binotto, não vê necessidade de fazer mudanças profundas na Ferrari. Apesar de um 2019 abaixo do esperado e com vários erros, o responsável da equipe acredita que os erros se devem apenas à falta de experiência.

 

Binotto crê que as mudanças radicais são desnecessárias nesta fase e que os erros são normais para uma equipe jovem:

“Eu acho que a cada erro, se o abordarmos do ponto de vista da lição aprendida, poderemos melhorar. Acho que não há motivo para fazer grandes e profundas mudanças. Creio que é uma questão de experiência. Sempre dissemos que somos uma equipe jovem, especialmente nas tarefas que foram atribuídas, e enfrentamos uma curva de aprendizagem muito acentuada. Portanto, é realmente uma questão de garantir que o que quer que tenha acontecido nesta temporada fique tratado.”

 

“Temos que evoluir bastante, não só nos finais de semana de prova, mas também nos trabalhos feitos em nossa fábrica; a base é excelente e vem forte para a temporada 2020.”

 

Pelo visto um dos problemas não mencionados por Binotto é o acirramento da disputa em pista entre seus pilotos (Vettel x Leclerc) que devem ser administrados a mão de ferro, afim que a equipe não reveja o que aconteceu nos últimos anos com seus carros batendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *