Fórmula 1 – No GP do Brasil, Ocon deu a vitória para Hamilton, tocando em Max Verstappen.

Esteban Ocon e Max Verstappen se esbarraram na pista, entrando os dois em rodadas estilo pião, numa altura em que o piloto da Force India tentava ultrapassar 0 líder da corrida pouco depois de ter sido passado e retirar sua volta.

 

O piloto da Red Bull (bem como o francês) entraram em pião na curva dois e logo atrás, Lewis Hamilton aproveitou para recuperar a liderança da corrida, isto quando faltam cerca de 25 voltas para o fim da corrida.

 

Se os dois pilotos estivessem lutando por um posição em pista, compreendia-se a atitude de Ocon, mas rodando com uma volta do seu arqui-rival dos tempos da F3, não se compreende. Ocon disse via rádio que “estava na frente” e Verstappen, “não me deixou espaço”. Provavelmente, pode ter roubado uma vitória à Red Bull, já que o monoposto ficou danificado, ainda que esteve tentando recuperar terreno.

 

Quanto a Ocon, não fazia sentido meter-se neste ‘buraco’, já que agora não vão faltar vozes a dizer que Ocon já está a trabalhando para a Mercedes.

 

Contudo, quem se recorda das ‘guerras’ entre ambos na Fórmula 3, não estranha o que Ocon fez, mas não lhe fica bem. Mesmo que tenha razão quanto ao espaço deixado por Verstappen. Diz o bom sendo que um piloto dobrado não luta assim pela posição…

 

Ocon foi entretanto penalizado com um Stop&Go, mas isso de pouco vale a Verstappen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *