Fórmula 1 – Mercedes Campeã de Construtores, a hora do champanhe.

Momentos depois de assegurar a conquista do Campeonato de Construtores em Interlagos, o diretor da equipe Mercedes, Toto Wolff, recebeu um telefonema. Era o presidente da FIA e também ex-responsável máximo da Ferrari na Fórmula 1, Jean Todt: “É uma honra recebê-lo no clube dos cinco”, disse a Wolff.

 

A Mercedes assegurou ontem a conquista do seu quinto Campeonato Mundial de Construtores consecutivo, igualando o recorde da Ferrari entre 2000 e 2004 – precisamente quando Jean Todt estava no comando. Wolff descreveu a vitória deste ano como a mais difícil, dada a significativa ameaça representada pela Ferrari e o ritmo muito forte, por vezes, e como foi agora o caso no Brasil, da Red Bull.

 

Com Lewis Hamilton arrebatando a vitória, a 50ª vitória na era híbrida, isto significa também que o piloto inglês venceu mais de 50% das 99 corridas realizadas desde o início de 2014, com o Flecha Prateada para assegurar o título quando ainda falta uma prova para o fim da competição.

 

Foi mais um forte desempenho da Mercedes em Interlagos, particularmente depois de se ter ficado claro que não tinham o melhor conjunto no dia da corrida. Mas como tantas vezes sucede, a sorte ajudou a equipe, que fez tudo o que podia fazer para vencer, acabando mesmo por triunfar apesar da grande oposição da Red Bull. Desta forma, o recorde de seis títulos de construtores sucessivos da Ferrari está sob ameaça…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *