Fórmula 1 – Mecachrome entra na disputa pelo fornecimento de motores-cliente.

Depois da Ilmor e da Advanced Engine Research agora foi a Mecachrome que decidiu entrar na corrida para o fornecimento do motor-cliente da Fórmula 1 a partir de 2017. A confirmação surgiu através de Jean-Charles Raillat, diretor de competições do Grupo Mecachrome.

Em declarações ao site Motorsport.com, Raillat afirmou que os “regulamentos da Fórmula 1 e da FIA impõem que o novo motor seja no máximo de 2.5l. A nossa base de desenvolvimento de motores é totalmente compatível com este requisito, Estamos dentro do padrão em termos de recursos e capacidade. Na Mecachrome estamos preparados para conceber e industrializar um motor em seis meses. O prazo de planejamento é favorável”.

O executivo da Mecachrome explicou ainda quais os requisitos para que este projeto seja financeiramente viável. “Os nossos estudos indicam que precisamos de fornecer pelo menos duas equipes para obter lucro e também para conseguir alcançar as metas estabelecidas pela FIA”.

Recorde-se que a Mecachrome já esteve envolvida na Fórmula 1, tendo fornecido motores à Williams na temporada de 1998. Atualmente, a marca francesa fornece os propulsores da GP2 Series, sendo que a partir de 2016 irá ser também o fornecedor exclusivo da GP3.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *