Fórmula 1 – Massa lamenta dia desafiador para Williams.

Felipe Massa teve uma corrida para lá de frustrante neste domingo, assim como Valtteri Bottas. Em um fim de semana muito difícil em razão do luto pela morte de Jules Bianchi, o brasileiro sequer conseguiu lutar pelos pontos e cruzou a linha de chegada apenas em 12º. Agora, para o experiente piloto da Williams, é hora de olhar para a frente.

A Williams teve um dia extremamente difícil neste domingo (26). Mais travado entre os circuitos permanentes do calendário, Hungaroring voltou a evidenciar as dificuldades do FW37 neste tipo de traçado e, assim, Felipe Massa e Valtteri Bottas não conseguiram sequer almejar uma posição na zona de pontuação do GP da Hungria.

Massa largou em oitavo, mas teve de lidar com uma punição logo no começo da corrida por ter alinhado seu carro #19 fora dos limites do colchete no grid, o que levou a direção de prova a abrir outra volta de alinhamento e aquecimento dos pneus.

Assim, depois de ter travado um bom duelo com Lewis Hamilton pelo nono lugar, o brasileiro foi punido e teve de ficar 5s a mais no seu pit-stop, e isso, aliado ao desempenho pobre da Williams no GP da Hungria, comprometeu de sobremaneira sua performance e seu resultado final.

“Foi um dia realmente desafiador para nós. Recebi uma punição no começo, e o pneu médio no tráfego não deu certo para mim”, explicou o piloto.

“Enquanto equipe, saímos sem pontos, o que é ruim para o campeonato, mas é algo que temos de superar”, continuou Massa. De maneira oposta à Williams, a Red Bull alcançou sua melhor pontuação na temporada: foram 33 pontos só neste domingo, o que fez os taurinos avançarem a 96 na classificação do Mundial de Construtores. A Williams permanece com 151.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *