Fórmula 1 – Equipe Renault concorda com as mudanças para ajudar a Pirelli.

A Fórmula 1 vai introduzir pequenas mudanças nos monopostos de 2021 para ajudar a Pirelli, medida que a Renault apoia.

 

As mudanças para 2021 são pequenas mas visam impedir que os carros evoluam de forma que criem mais apoio aerodinâmico. A Pirelli vai manter os pneus deste ano para a próxima temporada e um incremento na performance dos carros poderia dar dores de cabeça à marca italiana. Assim as pequenas mudanças no fundo plano (entre outras) impedirão que tal situação aconteça permitindo que a Pirelli não tenha de desenvolver novos pneus.

 

Cyril Abiteboul, responsável da Renault, acredita que é a decisão certa.

“Sou fornecedor de motores e conheço a dificuldade de ser fornecedor da F1”, disse o francês à Autosport.com. “É uma grande exigência, muita expectativa. Acho que precisamos fazer um trabalho um pouco melhor, dando aviso e estabilidade suficientes nas nossas decisões, para que a Pirelli tenha a oportunidade de desenvolver o produto certo para o que queremos fazer. Se você tomar o exemplo deste ano, não vamos esquecer as circunstâncias.”

“Deveríamos mudar para as rodas de 18 polegadas no próximo ano, mas decidimos, quando estávamos voltando da Austrália, adiar os regulamentos por um ano, e precisamos examinar as consequências de nossas decisões.

“Tendo tomado essa decisão, acho que também faz sentido que tentemos ajustar levemente nossos carros ao produto deles [Pirelli], pelo menos a curto prazo.”

Cyril Abiteboul diz que a decisão é um bom sinal para 2022.

“Acho que a médio prazo, para 2022 em particular, precisamos garantir que os produtos certos sejam desenvolvidos para os nossos carros, com as premissas certas. Às vezes, o que é notável na F1 é que o grid em geral seja capaz de ultrapassar as nossas suposições. Acho que todo mundo ficou surpreendido com a quantidade de desenvolvimento aerodinâmico que conseguimos ter nos últimos 12 meses, apesar de uma mudança de regulamentos com a asa dianteira simplificada.”

“Todos nós precisamos estar perfeitamente alinhados com o que precisaremos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *