Fórmula 1 – Claire Williams admite ter culpa pelos maus resultados em 2019 da equipe Williams.

Claire admitiu, que depois das boas temporadas realizadas pela equipe Williams, uma mudança. Mudança esta que resultou na situação atual da equipe:

“A fim de preservar os nossos resultados e até mesmo fazer progressos, mudamos algo na estrutura interna que acabou por ser um erro. Foi uma iniciativa minha e assumo a culpa por tudo o que esta acontecendo na equipe.”

O resultado é claro em 2019, com Robert Kubica dizendo que na Austrália e no Bahrein, ele é apenas um “passageiro” dentro do carro.

Claire também declara que estão fazendo de tudo para sair da posição onde estão, sabendo que ainda é um longo processo:

“Não estamos escondendo as nossas cabeças na areia. Sabemos onde estamos e o que precisamos fazer para sair daqui e depois vencer. Na verdade, não é apenas uma crise de desempenho na Williams, mas uma crise cultural. Estamos tentando produzir, de forma independente, o máximo de peças possível. Temos 620 pessoas trabalhando nisso, o que é muito para a estrutura atual. Criar a Williams do futuro enquanto preservamos a nossa cultura é o nosso objetivo.

A Williams saúda os esforços da Liberty Media para distribuir melhor a receita e reduzir os custos, especialmente através de um teto orçamental:

“Tudo o que esta sendo discutido é a direção que precisamos. Corremos há 42 anos porque é a nossa paixão. Estamos na retaguarda, mas sei que vamos voltar a onde merecemos com o tempo e com muito trabalho”.

Esse depoimento veio após a grande repercussão que a matéria de escrevemos no dia de ontem (03-04) falando da equipe andar no pelotão de trás e apenas se contentar com a disputa entre seus pilotos.
(https://veloxtv.com.br/formula-1-mesmo-andando-no-final-do-pelotao-williams-cumpriu-a-estrategia-definida-para-a-prova-barenita/ )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *