FIA WEC – Entrada da Peugeot depende da confiabilidade do carro.

A Peugeot não pretende apressar o seu retorno ao mundial de endurance e apenas o fará quando tiver a certeza que o carro pode aguentar as dificuldades das provas.

 

Isso significa que continua a não ser claro e objetivo se o fabricante estará nas 24 Horas de Le Mans já em 2022 ou se esperará até 2023.

Olivier Jansonnie, diretor do programa do WEC da Peugeot Sport, afirmou: “Não estamos perto de tomar essa decisão; nem sequer estamos preparados para decidir internamente sobre isto. Construímos um calendário que nos permitirá testar até ao final de 2021 e a partir daí devemos conhecer com relativa rapidez o nível de confiabilidade do carro. Não queremos correr o risco de iniciar as corridas antes de atingirmos o nível certo de confiabilidade”.

 

Jean-Marc Finot, chefe do motorsport da PSA não revelou ainda a escolha quanto aos pilotos:

 

“Há muitos pilotos interessados neste icônico programa Peugeot Sport e estamos em contato com muitos deles”, disse Finot. “Eu diria apenas que temos tempo porque o carro não irá para a pista até ao final de 2021, por isso vamos levar o nosso tempo para ter a melhor equipe possível. Escolheremos os nossos pilotos pelo seu desempenho, pelo seu espírito de equipe e pela forma como se enquadram na mentalidade da Peugeot Sport”.

 

A marca francesa revelou mais alguns pormenores técnicos sobre a sua nova máquina:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *