FCA ultrapassa marco de 3.000 respiradores produzidos na Itália.

Em apenas três meses, o marco de 3.000 respiradores produzidos para a resposta à emergência de saúde pública do Covid-19 foi alcançado e ultrapassado na Itália. Esta é uma conquista extraordinária para a cooperação entre a FCA, o Departamento de Proteção Civil italiano, seu Comissário Especial para o surto de coronavírus Domenico Arcuri e a Siare Engineering, com sede em Valsamoggia (perto de Bolonha) – a única empresa na Itália que produz esses dispositivos médicos elétricos específicos. O projeto foi liderado por Giuseppe e Gianluca Preziosa da Siare; pelos funcionários italianos da FCA sob o comando de Luigi Galante, Head de Manufatura de Marcas Premium da FCA para a região EMEA; por Ennio Meccia, diretor de Engenharia de Manufatura da FCA para a região EMEA; e por Carlo Di Giacomo, diretor da planta de Cento, perto de Bolonha, na Itália.

Antes do início da pandemia, a produção mensal da Siare Engineering era de cerca de 125 máquinas. Com base no know-how de produção e gerenciamento da divisão de Engenharia de Manufatura da FCA na região EMEA – baseados nos métodos WCM (World Class Manufacturing) – o negócio foi repensado. Com a assistência de todas as partes envolvidas, a produção passou de 8 para 80 unidades por dia.

Uma força crucial na nova organização de trabalho foi a possibilidade de fabricar válvulas solenoides – o “coração pulsante” de um respirador – na fábrica da FCA de Cento, uma joia na produção de motores de alto desempenho para todos os mercados do mundo. Ao mesmo tempo, foi encontrada uma solução tecnológica ideal para adaptar a linha de produção nos laboratórios da Siare Engineering, em Bolonha, para as válvulas solenoides produzidas pela unidade de Cento. Com o incentivo de todas as partes envolvidas na operação, a produção das válvulas solenoides na planta da FCA resultou em uma redução de pelo menos 30 a 50% no tempo necessário para produzir um dispositivo acabado na fábrica de Valsamoggia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *