Fabio Fossen assume a presidência da Bridgestone do Brasil e visa modernizar ainda mais a produção.

O brasileiro Fabio Fossen assume a presidência da Bridgestone do Brasil no lugar do argentino Ariel Depascuali, que vai se aposentar, depois de mais 15 anos no grupo. O executivo, que era diretor Comercial da Coca Cola Femsa no Brasil, terá o desafio de liderar o processo de expansão e modernização da empresa.

A Bridgestone é a maior fabricante de pneus do mundo. A transição na presidência da unidade brasileira foi um processo bastante planejado, que teve início com a decisão de Depascuali de se aposentar, comunicada internamente no começo deste ano. O argentino estava no comando da subsidiária brasileira da Bridgestone desde 2010, tendo passado também pela presidência das unidades argentina e mexicana do grupo.

Fossen foi escolhido para o cargo após uma avaliação criteriosa. Formado em Engenharia Mecânica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, o executivo tem também mestrado em Administração de Empresas pela The University of Michigan Ross School of Business, nos Estados Unidos.

Experiente, Fossen tem mais de 20 anos de vivência em empresas nacionais e multinacionais, com passagens pela Coca Cola Femsa, Booz&Co, Ambev e Sachs Automotive.

Neste primeiro momento ele deixou bem claro quais seriam os caminhos a serem adotados pela corporação e por ele mesmo.

“Venho para somar e liderar a empresa nesse processo de expansão. Temos uma excelente equipe e nosso foco estará voltado para o fortalecimento e maior aproximação com os nossos canais de distribuição e nossos consumidores”.

Na Bridgestone, uma das estratégias para ganhar mais espaço no mercado brasileiro será o fortalecimento e expansão dos canais de vendas de produtos. A empresa possui mais de 590 pontos de vendas exclusivos Bridgestone no varejo, cinco lojas próprias de fábrica (CarClub Firestone) e três grandes centros de distribuição para revendas multimarcas, além do comércio eletrônico no site oficial da empresa.

A Bridgestone está realizando um amplo projeto de expansão e modernização em suas unidades brasileiras para atender às demandas, aumentar a capacidade de produção e melhorar ainda mais a qualidade do pneu produzido.  A empresa está investindo, entre 2014 e 2016, US$ 120 milhões na ampliação da produção e na modernização das linhas de fabricação de pneus nas fábricas de Santo André (SP) e Camaçari (BA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *