Eric Granado escolhe Moto 1000 GP e Campeonato Europeu de Velocidade em 2015.

Tido como uma das principais revelações do motociclismo nacional no terceiro milênio, Eric Granado será um dos nomes do Moto 1000 GP em 2015. Aos 18 anos, o piloto paulista fará sua estreia no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade competindo pela equipe oficial da Honda na categoria GP 600. Seu desafio será duplo, já que ele também vai disputar a temporada do CEV, o Campeonato Europeu de Velocidade, pela categoria Moto2.

Apesar da pouca idade, Granado estreia no Brasileiro credenciado pela considerável experiência de três anos nas séries de base do Mundial MotoGP. Em 2012 ele competiu na Moto2, participando de 11 etapas e registrando como melhor resultado a 21ª posição em Mugello. Primando pelo aprimoramento da pilotagem, transferiu-se para a Moto3, onde atuou em 31 corridas – sua melhor posição foi a nona posição obtida em 2013, também na pista italiana.

A mudança de rumos para 2015 foi traçada tendo por base seu plano de desenvolvimento profissional. “Seguir no Mundial significaria não estar em uma equipe competitiva, diante do orçamento disponível. Optamos pelo Europeu, que é extremamente competitivo, tem um nível altíssimo e vai me auxiliar na preparação para voltar ao Mundial, até por ter menos corridas”, falou, sobre as 11 corridas distribuídas em oito eventos – o Mundial tem 18 etapas.

A participação no Brasileiro de Motovelocidade é conveniente ao projeto de Granado de retomar o caminho do Mundial MotoGP. “A decisão foi tomada em conjunto com a Honda. Concluímos que disputar também o Moto 1000 GP seria importante para eu manter um treinamento em alto nível, com um número maior de oportunidades de estar na pista competindo”, explanou. “Uma coisa é treinar sozinho. Outra é correr num campeonato de alto nível”.

O CEV e o Moto 1000 GP vão marcar o início da parceria de Granado com a Honda. “Trilhei um caminho longo e difícil até conquistar, no Brasil, a confiança da maior fabricante de motocicletas do mundo. Estou seguro de que esta foi a escolha certa para este momento da minha carreira, pude optar pelo melhor caminho para seguir o desenvolvimento da minha carreira como piloto”, ponderou. “Vou trabalhar duro para que seja uma parceria duradoura”.

“A vinda de mais um piloto de nível mundial como o Eric vai contribuir para potencializar a evolução da GP 600 e da GPR 250, que tem na GP 600 o passo seguinte da formação de pilotos”, disse o promotor do Moto 1000 GP, Gilson Scudeler. “O nível técnico do Eric vai ser referência para a evolução dos pilotos das duas categorias. A postura e o profissionalismo dele vão servir de modelo aos jovens pilotos que projetam chegar ao Mundial”, comentou.

O primeiro compromisso oficial de Eric Granado na temporada de 2015 será na Europa. Ele vai defender a Kalex Honda na primeira etapa do CEV nos dias 25 e 26 de abril, no circuito português do Algarve, em Portimão. Logo em seguida, embarcará de volta ao Brasil para atuar na primeira etapa da GP 600 no Moto 1000 GP. A corrida está confirmada para dia 3 de maio no Autódromo Internacional de Curitiba, localizado na cidade de Pinhais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *