DTM: Desclassificação de Marco Wittmann dá vitória a Mike Rockenfeller.

Regras são regras e aquilo que parecia ser um triunfo de Marco Wittmann e da BMW em Zandvoort rapidamente se transformou numa desilusão, quando se verificou que o M4 DTM do piloto alemão não tinha a quantidade mínima de combustível no tanque exigida pelo regulamento. Assim sendo a desclassificação foi inevitável, sendo também a vitória atribuída a Mike Rockengeller, que tinha chegado na segunda posição.

Wittmann deixa assim de estar a sete pontos do líder do campeonato, Mattias Ekström, sendo que a prova holandesa do DTM acaba por ser uma boa ‘colheita’ para a Audi, já que Loïc Duval é promovido a segundo e Ekström a terceiro, reforçando assim a sua posição na classificação geral. Gary Paffett consegue um quarto lugar em um fim de semana que parecia ‘negro’ para a Mercedes e Maxime Martin, no quinto posto, acaba por ser o melhor homem da BMW.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *