Diogo Pachenki sai na frente no treino da Truck em Curitiba.

Na abertura dos treinos livres para a segunda etapa da Fórmula Truck, Diogo Pachenki foi o mais veloz. Ele completou os 3.695 metros do Autódromo de Curitiba em 1min41s819, média de 124,8 km/h, e foi seguido pelo líder do Campeonato Brasileiro, Felipe Giaffone, com 1min41s992. O terceiro lugar ficou na mão de Paulo Salustiano. Curiosamente, os três primeiros utilizam o restritor de potência que diminui a força dos motores justamente por estarem na ponta da tabela de classificação. Giaffone está na frente com Salustiano em segundo e Pachenki em terceiro.

O segundo treino está marcado para às 14 horas desta sexta-feira e também terá uma hora de duração. No sábado, a partir das 9h45, será realizado o segundo treinamento livre, só que com 45 minutos. De acordo com a ordem de chegada, os pilotos serão divididos em pares e ímpares para os dois grupos que definem os cinco mais velozes e que se classificam para o Top Qualifiyng, que decide o pole position – recebe um ponto de bônus – da segunda prova da 21ª temporada da mais popular categoria continental. Domingo às 13 horas, será dada a largada da segunda etapa.

Nesta segunda etapa da temporada as novidades são Pedro Muffato, Jansen Bueno, Valmir Hisgué Benavides e Geraldo Piquet. Entre eles, o mais bem classificado foi Hisgué, que com o tempo de 1min45s063 ficou em 13º lugar. Jansen foi o 14º, Muffato o 15º e Piquet o 17º.

Resultado do primeiro treino livre da Fórmula Truck em Curitiba nesta sexta-feira cedo.

1) Diogo Pachenki (Copacol Truck Racing), 1min41s819, média de 124,8 km/h
2) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), 1min41s992
3) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), 1min42s111
4) Wellington Cirino (ABF Mercedes-Benz), 1min42s306
5) Leandro Totti (Clay Truck Racing), 1min42s605
6) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), 1min43s007
7) David Muffato (MAN TGX), 1min43s598
8) Adalberto Jardim (RM Competições-MAN), 1min43s795
9) Régis Boessio (Boessio Competições), 1min43s795
10) Débora Rodrigues (RM Competições-MAN), 1min44s418
11) Ricardo Sargo (ABF Volvo), 1min44s428
12) André Marques (RM Competições-MAN), 1min44s455
13) Valmir Benavides (Fábio Fogaça Motorsports), 1min45s063
14) Jansen Bueno (Dakar Motorsports), 1min45s098
15) Pedro Muffato (Muffatão Racing), 1min46s531
16) Alex Fabiano (ABF Azulim Indy Truck Racing), 1min46s941
17) Geraldo Piquet (DF Motorsports), 1min47s171
18) Joel Mendes Júnior (Fábio Fogaça Motorsports), 1min49s117
19) Beto Monteiro (Lucar Motorsport), 1min50s415
20) Roberval Andrade (Ticket Car Corinthians), 1min54s462
21) Gustavo Magnabosco (ABF Racing Team), 1min59s039
22) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), 1min59s098

Pontuação da etapa

As dez corridas da temporada são divididas em duas fases, cada uma distribuindo 25 pontos ao ganhador, o que totaliza 50. Além disso, três pontos de bonificação também estão em jogo. Um pela pole position, que será definida no sábado à tarde, e mais um para quem fizer a volta mais rápida em cada fase.

Os outros pontos são distribuídos assim: o segundo colocado fica com 22, o terceiro 20, o quarto 18, o quinto 16, o sexto 15, o sétimo 14, o oitavo 13, o nono 12, o décimo 11, o décimo primeiro 10, o décimo segundo 9, o décimo terceiro 8, o décimo quarto 7, o décimo quinto 6, o décimo sexto 5, o décimo sétimo 4, o décimo oitavo 3, o décimo nono 2 e o vigésimo colocado 1 ponto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *