Designers do Grupo Renault prestam homenagem a Le Corbusier na Villa Savoye.

  • Equipe de design industrial do Grupo Renault presta homenagem a Le Corbusier nos 50 anos de seu falecimento (1965-2015), desenhando e criando o projeto de um automóvel do século XXI, inspirado nas teorias e princípios modernistas do arquiteto
  • O período entreguerras conheceu tanto o nascimento da arquitetura como do automóvel moderno. Estes desenvolvimentos tiveram um grande impacto sobre os modos de vida através da democratização do automóvel na Europa e no mundo após 1945
  • Ícone da modernidade, a Villa Savoye foi construída como uma casa para uso nos fins de semana, moderna e ideal. Ela se integra no grande movimento da casa de campo à francesa, graças à emergência do automóvel. O automóvel é intimamente assimilado pela arquitetura da Villa Savoye

 

Gênese expecional

Tudo começou há 2 anos. No Departamento de Design do Grupo Renault, as equipes trabalham regularmente em assuntos prospectivos e não relacionados à renovação da gama. É uma forma de explorar novos caminhos e permitir que os profissionais de criação tenham momentos de “recreação”.

As equipes tinham a missão de refletir a respeito do tema “objetos da cultura francesa”. As pesquisas e inspirações rapidamente culminaram nos anos 30, a era de ouro do automóvel. Assim, a influência de “Le Corbusier” se tornou uma fonte de reflexão evidente, uma espécie de prequela conceitual ao automóvel moderno. As noções de simplicidade, com uma estrutura visível e assumida esteticamente, de elegância geométrica e controle da luz orientaram os designers na elaboração do conceito Cupê Corbusier.

Agora, as equipes de Design do grupo Renault têm orgulho de poder prestar uma homenagem a este arquiteto e designer visionário, que soube reinventar a arquitetura e torná-la acessível a todos. Uma estrutura de pensamento e valores que compartilhamos na Renault.

renault designers renault designers-01 renault designers-03

Renault: Compromisso com a arte

Inovadora na concepção e original em sua configuração, a coleção de obras de arte da Renault é única, contando com mais de 300 peças, principalmente pinturas, esculturas, desenhos e instalações arquiteturais criadas por aproximadamente trinta artistas de renome, franceses ou estrangeiros, entre 1967 e 1985.

A singularidade da Coleção repousa em grande parte na estratégia original adotada pela Renault: desde o princípio, o objetivo não era comprar obras acabadas e disponíveis para venda, mas construir uma parceria com artistas contemporâneos interessados no mundo industrial, oferecendo a eles apoio logístico, tecnológico e financeiro, para que eles pudessem criar obras originais, em condições ideais.

Hoje, a coleção Renault representa os principais valores do grupo: visão, inovação, audácia, altruísmo. Exposições que reúnem parte da coleção são frequentemente organizadas nos grandes museus de países onde a Renault está presente.

A Renault continua a encomendar obras a artistas dos países nos quais o grupo organiza exposições. O artista emiradense Ebtisam Abdulaziz, o artista turco Arslan Sukan e, mais recentemente, os artistas chineses Wen Fang e He An passaram a fazer parte da Coleção.

No âmbito da comemoração do 50º aniversário da morte de Le Corbusier, o Centro de Monumentos Nacionais apresenta a exposição: “Carros para morar: automóvel e modernismo dos séculos XX e XXI” na Villa Savoye (82 rue de Villiers, 78300 Poissy) de 22 de outubro de 2015 a 20 de março de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *