Avaliação da Semana – Moto – Avaliamos a Kawasaki Ninja 650R.

Caros amigos bom dia, nesta última semana avaliamos a Kawasaki Ninja 650R.

 

A Kawasaki Ninja 650 é uma moto esportiva com características de moto turismo. Esta é a definição de uma Sport-Touring. Um tipo de moto que vem ganhando espaço no mercado brasileiro. A esportividade dá a motivação e a emoção na pilotagem e alia-se ao conforto para passeios que permitam viagens até com garupa. Uma tocada com esportividade, sem deixar de curtir a estrada e a paisagem com conforto.

Logo de cara, digo que a moto me surpreendeu bastante por sua versatilidade. Na estrada seu desempenho fica dentro do que se espera de um motor 2 cilindros de 650 CC, com 72,1 cv. Enche muito rápido gerando um torque muito bom e respostas excelentes, firmes e gradativas. Na cidade , mesmo em trânsito muito pesado, tive extremo conforto e facilidade para aproveitar as possibilidades e fugir dos congestionamentos.

Sua pilotagem é confortável tanto na cidade como na estrada, Sendo confortável tanto para o piloto como para o garupa, devido a banco bipartido.  Com visual agressivo de moto esportivo. Com painel sofisticado que traz computador de bordo que marca o consumo de combustível.  Seu motor de dois cilindros paralelos duplo comando, oito válvulas refrigeração liquida, tem muita força e agilidade tanto na saída que chega a fazer de 0 a 100 km por hora em 5.3 segundos.

Também o assento, bem dimensionado, permite rodar com duas pessoas sem problemas até que por bastante tempo. O banco, bipartido, oferece duas alturas para mais conforto tanto para o garupa, que fica mais alto para ter mais visão da paisagem, quanto para o piloto, que tem mais apoio dos joelhos nas laterais do chassi e fica bem encaixado. Em dias quentes, porém, o ar quente vindo do radiador incomoda um pouco.

Em termos de performance também se parece muito com a irmã naked. A vantagem do guidão alto nos percursos urbanos se desfaz quando, nas estradas, você quer manter médias mais altas e a bolha se mostra um pouco baixa para abrir o vento de forma conveniente. A posição do piloto em relação à aerodinâmica da carenagem é um pouco fora de altura. É só abaixar-se um pouco e o problema desaparece. Ou seja, melhoraria muito nas rodovias uma carenagem um pouco mais alta.

Como uma esporte turismo a Ninja 650 fica bem definida como um meio termo, em que para a esportividade seria esperada uma posição de pilotagem um pouco mais inclinada com uma ação maior da bolha sobre o vento frontal. Adicionalmente o posicionamento dos espelhos não foi feliz, provocando muitos pontos cegos e grande vulnerabilidade. O que ajuda é que são dobráveis.

Ao preço médio de R$29.245,00 (tabela FIPE), a Kawasaki Ninja 650 representa uma opção interessante para quem pega a estrada constantemente e prefere apreciar a paisagem. Mas sempre é mais seguro saber que a esportividade está está ali disponível ao giro mais vigoroso do acelerador.

O freio ABS proporciona maior segurança na pilotagem.

Para esta matéria contamos com o apoio e o auxílio do Maurício dos Santos Almeida, piloto de moto e grande conhecedor da marca.

Algumas imagens exclusivas de nossa avaliação; curtam!!!!

IMG-20140715-WA0000 IMG-20140715-WA0001 IMG-20140715-WA0002 IMG-20140715-WA0003 IMG-20140715-WA0004 IMG-20140715-WA0005 IMG-20140715-WA0006 IMG-20140715-WA0007 IMG-20140715-WA0008 IMG-20140715-WA0009

Um comentário em “Avaliação da Semana – Moto – Avaliamos a Kawasaki Ninja 650R.

  • 10 de agosto de 2016 em 16:51
    Permalink

    Prezado boa tarde. Estou para dar um upgrade de categoria e estou vendo a Ninja 650 2014 com ABS, XJ6F 2013 e uma GSX 650 2013. Qual a sua opinião sobre essas três? vale mais a pena a ninja ou devo ver outra?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *