Avaliação da Semana – Andamos com o Jac T80 o SUV de Luxo com 7 lugares.

Caros amigos da Veloxtv, esta semana apresentaremos as nossas avaliações / impressões do Jac T80; o SUV com 7 lugares da Jac Motors que agrada em muitos aspectos, mas deixa a desejar em dois pontos fundamentais

Se você pensar que por R$ 151.990 você consegue adquirir um SUV com motor 2.0 turbo, transmissão de dupla embreagem, teto solar panorâmico, sete lugares e diversos outros itens de conforto, tudo isso parece bom demais nesta faixa de preço, mas e se eu te falar que este conjunto é projetado, montado e importado da China?

 

Pois é, tenho certeza de que você repensou, mas antes de tirar conclusões precipitadas, confira nossa avaliação completa.

 

A grande procura por SUVs nos últimos tempos aponta pela preferência dos compactos, que, além da versatilidade e conveniência, têm um custo de aquisição mais acessível. Os SUVs grandes, no entanto, continuam na lista de desejos de muitos. Além dos tradicionais, há as opções um tanto alternativas, como é o caso dos chineses. O JAC T80 é um desses casos.

 

Aquela ideia inicial de qualidade inferior dos produtos chineses vem sendo revertida por bons lançamentos e o mesmo se pode dizer em relação à sua aparência. O JAC T80 é todo visualmente adaptado ao gosto ocidental, ou seja, em outras palavras, é realmente muito bonito.

 

Poucas são as ressalvas em relação ao veículo, que custa R$ 149.990 (R$ 151.990 com os opcionais, teto solar e som premium) e briga na faixa do VW Tiguan e do conterrâneo Lifan X80. Como diferencial do rival chinês, o T80 tem a terceira fileira de bancos reversíveis, que aumenta a sua capacidade para sete passageiros (os dois extra sem muito conforto) e reduz drasticamente o volume do porta-malas. Os bancos da segunda fileira são deslizantes e reclináveis.

 

Viajar com o T80 é contar com um motor de acerto interessante: o 2.0 turbo a gasolina que rende 210cv com 30,5 kgfm disponíveis 1.800 a 4.000 rpm. Mesmo com os 1725kg do crossover há muita disposição quando se pisa no acelerador. O câmbio é automatizado de dupla embreagem e seis relações mas fica devendo shift paddles.

 

Outro detalhe é a alavanca antiquada que destoa do bom acabamento do carro. Na prática a potência é ótima mas o câmbio parece vacilar em algumas reduções. A suspensão traz conforto e precisão acima da média para um utilitário esportivo do seu porte.

Ponto positivo fica para o consumo: registramos 8,7km por litro na cidade que sobe para 10,5km na estrada conforme o computador de bordo. Aliás o carro traz um painel interessante e completo e o acabamento surpreende deixando concorrentes para trás como Mitsubishi Outlander e Volkswagen Tiguan AllSpace considerando este quesito.

 

De série o T80 tem itens como faróis de projeção com acendimento automático e DRL em LED, piloto automático (não adaptativo), chave presencial, teto solar panorâmico elétrico, ar-condicionado automático duas zonas e os controles de tração e estabilidade com assistente de partida em rampas e seis airbags além do freio ABS e disco nas quatro rodas. Os bancos são em couro e o do motorista é elétrico e conta com aquecimento, refrigeração e até massageador.

O nível de acabamento do T80 é algo inédito dentro da JAC no Brasil. Painel e portas são revestidos de materiais macios ao toque, o que contribui para dar certa sofisticação à cabine, além de garantir maior durabilidade das peças (evitando ruídos excessivos ao longo do tempo).

 

Tecnológico na motorização o JAC T80 fica devendo uma multimídia melhor. O som é de boa qualidade da marca premium Infinity com 280 watts RMS e dez alto falantes mas não há Android Auto ou Apple Car Play e sim um sistema de espelhamento de smartphones. Também faltam itens já comuns entre os crossovers como alerta de ponto cego, fluxo cruzado e frenagem de emergência. Mesmo com estas ausências é de se considerar o preço de R$ 148,9 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *