Audi Center Botafogo é reinaugurada em instalações ampliadas

Audi Center Botafogo é reinaugurada em instalações ampliadas

  • Serão 6.000 m² totais para showroom e pós-venda
  • Parceria com Grupo Kobe une tecnologia e qualidade ao bom atendimento

 

São Paulo, 02 de setembro de 2014 – A Cidade Maravilhosa ganha hoje uma nova Audi Center Botafogo, reformulada e ampliada para oferecer toda a experiência premium que a marca proporciona a seus clientes. Localizada à rua General Severiano, 201, a concessionária tem mais de 6.000 m² totais de showroom e oficina.

 

“Estamos fazendo uma reestreia fantástica no Rio de Janeiro. Apostamos muito nessa parceria porque unimos nossa marca a quem realmente entende de comercializar encantando os clientes. Quem sai ganhando é o consumidor carioca”, afirmou Jörg Hofmann, presidente e CEO da Audi Brasil. Segundo ele, a representação da marca neste mercado será feita pelo grupo Kobe, já tradicional no segmento automotivo do estado.

 

Para Elias Nascimento Junior, diretor do Grupo Kobe, a parceria, firmada em novembro de 2013, vai ofertar modelos com qualidade única e atendimento de excelência, feito por quem conhece o cliente local. “Essa ampliação aqui na Zona Sul é uma demanda dos nossos clientes, que agora poderão ter um contato maior com todos os atributos e qualidades que a marca e a tecnologia Audi oferecem”, disse Jacqueline Nascimento Light, também diretora do Kobe. A Audi Center Botafogo vai contar com um terminal na Barra da Tijuca no qual os clientes da Zona Oeste poderão deixar seus veículos para revisões e manutenções feitas na unidade de Botafogo, sem a necessidade de deslocamento para outra região.

 

Na revenda, os clientes terão à sua disposição ainda modelos em exposição e para test-drive e poderão contar com o conhecimento técnico de consultores qualificados e treinados pela matriz da companhia na Alemanha. “É a tecnologia admirada em todo o mundo à disposição do cliente carioca”, definiu Jacqueline.

 

O evento de inauguração da Audi Center Botafogo será realizado no dia 4 de setembro. Na ocasião, para receber os convidados e a imprensa, estarão presentes:   Jörg Hofmann, presidente e CEO da Audi Brasil, e Elias Nascimento Junior e Jacqueline Nascimento Light, diretores do Grupo Kobe.

 

A marca mais desejada

A Audi acaba de ser eleita “A Marca mais desejada” do segmento Automóveis e Comerciais Leves em pesquisa da Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores- realizada com os concessionários de todas as marcas do país. A escolha, feita entre maio e julho deste ano, teve a participação mínima de 25% das revendas de cada rede.

 

A Audi tem hoje 32 concessionárias em todo o país e o objetivo é chegar a 60 unidades em 2017. A ampliação da rede para este volume será a base para a ampliação das vendas no Brasil, que deve se intensificar ainda mais após o segundo semestre de 2015. É nesta data que começará a produção da nova fábrica de Curitiba, com investimentos de R$ 500 milhões para produzir o A3 Sedan e o SUV Q3.

 

 

No ano de 2013 o Grupo Audi entregou a seus clientes cerca de 1.575.500 automóveis da marca Audi. Em 2013, com um volume de negócios da ordem dos 49,9 bilhões de euros, a empresa obteve um resultado operacional de 5,03 bilhões de euros A nível internacional a empresa está presente em mais de 100 mercados, produzindo nas unidades de Ingolstadt, Neckarsulm, Győr (Hungria), Bruxelas (Bélgica), Bratislava (Eslováquia), Martorell (Espanha), Kaluga (Rússia), Aurangabad (Índia), Changchun (China) e Jakarta (Indonésia). Dede o final de 2013 a marca com os Quatro Anéis também produz em Foshan (China), a partir de 2015 será em São José dos Pinhais (Brasil), bem como a partir de 2016 em San José, Chiapa (México). Subsidiárias a 100% da Audi AG são, nomeadamente, a quattro GmbH (Neckarsulm), a Automobili Lamborghini S.p.A. (Sant’Agata Bolognese/Itália) e o fabricante de motos esportivas Ducati Motor Holding S.p.A. (Bologna/Itália). A empresa emprega atualmente mais de 73.500 funcionários a nível mundial, dos quais cerca de 52.500 na Alemanha. De 2014 até 2018 a Audi pretende efetuar investimentos globais no montante de aproximadamente 22 bilhões de euros, principalmente em novos produtos e tecnologias sustentáveis. A Audi assume sua responsabilidade empresarial, tendo definido estrategicamente a sustentabilidade como padrão de referência para processos e produtos. A meta no longo prazo é: mobilidade neutra em CO2.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *