AUDI AG mantém crescimento em abril.

  • Cerca de 152.850 veículos entregues em todo o mundo – volume 2,5 por cento maior

 

  • Vice-presidente mundial de vendas e marketing Luca de Meo:  “Novos números inéditos em todos os tempos, apesar da previsão de mudanças em modelos”

 

  • Vendas nas Américas cresceram 12,7 por cento

 

Após o melhor primeiro trimestre na história da companhia, a Audi registra mais um crescimento na venda de automóveis premium em abril. Os cerca de 152.850 veículos entregues superaram as vendas de abril de 2014 em 2.5 por cento. A demanda também voltou a crescer em todas as regiões do mundo, em relação ao mesmo mês do ano passado. Os negócios da AUDI AG tiveram uma evolução especialmente positiva no continente americano, onde a entrega aos clientes subiu 12,7 por cento. De janeiro a abril, as vendas globais da empresa aumentaram 5,2 por cento, atingindo 591.050 automóveis premium.

 

“A Audi mantém sua trajetória e registrou um sólido desempenho de vendas em abril. Apesar das futuras mudanças de geração em importantes famílias de modelos, superamos os números recorde do ano passado”, afirmou Luca de Meo, membro do Conselho Administrativo da AUDI AG para Vendas e Marketing. “Nos próximos meses, pretendemos continuar crescendo em todo o mundo.”

 

Nos Estados Unidos, as vendas da Audi no mês passado cresceram 7,5 por cento, chegando a 16.827 unidades.  Os SUVs da marca, em particular, tiveram alta procura pelos compradores americanos: no conjunto, as vendas dos modelos da linha Q aumentaram 35,6 por cento, para 6.447 unidades.  Considerando todos os modelos, as vendas da Audi of America aumentaram 11,9 por cento desde o início do ano, somando 56.925 unidades, um crescimento maior do que o registrado pelo mercado total dos Estados Unidos no período. Foi registrado um crescimento de dois dígitos em abril na região no Canadá (mais 36,6%, 3.219 carros) e no Brasil (mais 67,5%, 1.856 carros).

 

Na Europa, a Audi fechou o mês passado com números ligeiramente acima dos de abril de 2014, entregando cerca de 71.750 carros aos clientes, 0,9 por cento mais do que há um ano. Mercados-chave da Europa Ocidental, como a Itália (mais 22,4%, 5.225 carros), Espanha (mais 15,8%, 4.100 carros) e Suécia (mais 21,1%, 1.879 carros), lideraram o balanço do mês como promotores do crescimento. A Europa Ocidental registrou um crescimento de vendas em abril de 3,1 por cento, com a entrega de 67.300 carros.  No total, as vendas da Audi em unidades nesta região somaram cerca de 262.550 carros, com crescimento de 4,6 por cento.  Os modelos da categoria “full-size”, em especial, estão tendo um significativo aumento de demanda nos mercados da Europa Ocidental. As vendas do Audi A6 atualizado, já disponível nesses mercados, subiram 15,8 por cento desde janeiro, chegando a aproximadamente 32.250 carros entregues. O novo Audi Q7 também está atraindo forte interesse dos clientes para o segmento de topo da marca: as vendas antecipadas do SUV “full-size” estão bastante altas, antes da chegada do modelo no mercado. O novo Q7 vai estrear nos showrooms das concessionárias na metade do ano, quando também começará a ser entregue aos clientes.

 

Na Rússia, a tendência negativa do mercado também afetou a Audi em abril: desde o início de 2015, as vendas locais caíram um terço (menos 31%, 8.248 carros). Contrastando, as vendas da marca dos quatro anéis ganharam forte impulso na Turquia, onde o A3 Sedan, especialmente, tem atraído clientes às concessionárias. Os 6.829 motoristas turcos a mais representaram um crescimento de 47,7 por cento nos primeiros quatro meses do ano. O aumento em abril chegou a 54,8 por cento.

 

No mercado chinês, a Audi vendeu 178.612 carros este ano, 5,2 por cento mais do que no mesmo período de 2014. Em abril, 45.296 vendas mantiveram o alto nível do mesmo mês no ano passado. Na primavera de 2014, a Audi adicionou os novos A3 Sportback e o A3 Sedan à família de modelos oferecida nas concessionárias chinesas, fortalecendo assim sua posição no importante e estratégico segmento dos carros compactos premium. Com o A3 e o Q3, a Audi é a fabricante líder no segmento compacto na China. A Audi já está vendendo mais carros compactos premium na China do que em qualquer outro mercado, apesar da participação dos carros compactos no mercado chinês, como um todo, continuar baixa, comparada ao nível internacional.

 

 

 

Vendas em Abril     Acumuladas      
AUDI AG              
  2015 2014 Mudança 2015 2014 Mudança  
  de de  
           
      2014     2014  
Mundo 152,850 149,046 +2.5% 591,050 561,894 +5.2%  
               
Europa 71,750 71,152 +0.9% 279,000 271,505 +2.8%  
               
– Alemanha 25,663 25,503 +0.6% 98,871 91,961 +7.5%  
               
– Reino Unido 13,126 12,630 +3.9% 58,907 56,301 +4.6%  
               
– França 5,712 5,691 +0.4% 20,321 20,272 +0.2%  
               
– Itália 5,225 4,270 +22.4% 17,821 16,807 +6.0%  
               
– Espanha 4,100 3,541 +15.8% 16,422 15,060 +9.0%  
               
– Rússia 2,116 3,660 -42.2% 8,248 11,946 -31.0%  
               
EUA 16,827 15,653 +7.5% 56,925 50,881 +11.9%  
               
México 957 951 +0.6% 4,152 4,026 +3.1%  
               
Brasil 1,856 1,108 +67.5% 5,870 4,223 +39.0%  
               
China 45,296 45,216 +0.2% 178,612 169,736 +5.2%  
(incl. Hong Kong)  
             

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *