Após vitória Jeff Gordon afirma que se sente “competitivo e jovem outra vez”

24GordonWinsKansas03

Jeff Gordon, apesar de seus 42 anos, dificilmente poderia ser chamado de “velho”. Nestes dias, conversas sobre sua aposentadoria ocorreram com tanta frequência quanto aquelas referentes a possibilidade de vencer outro título na NASCAR Sprint Cup.

“Tudo isso sobre minha aposentadoria, creio que tem se falado muito a respeito”, disse Gordon após ganhar a 5-hour Energy 400 no sábado, no Kansas Speedway. “E sou um pouco culpado, provavelmente. Mas não há segredo, vou completar 43 este ano, mas se assim são os 43, não posso esperar pelos 50”.

“Estou tendo um bom momento. Por isso me sinto jovem, porque simplesmente estou passando bem”.

A vitória de Gordon foi a de número 89 em sua carreria. Nenhum outro piloto em atividade venceu mais que ele, e apenas dois em toda história o fizeram: Richard Petty (200 vitórias) e David Pearson (105). Ambos estão consagrados no Hall da fama da NASCAR.

Gordon passou a liderar o campeonato de pilotos há cinco semanas, no Texas, e consolidou sua liderança no Kansas.

As conversas sobre a possibilidade de um título certamente virão, já que com essa vitória Gordon assegurou sua participação no Chase da Sprint Cup.

“O segredo é sempre pontuar no momento adequado”, disse Alan Gustafosn, seu chefe de equipe. “E colocar a equipe em uma boa posição é algo que temos que tomar cuidado… é difícil manter o rendimento máximo por 36 semanas”.

“Temos feito um bom trabalho durante a primeira parte da temporada”, acrescenta Gustafson. “Temos que ter cuidado de não nos conformarmos, para que quando chegue o momento importante, não estejamos desanimados. Creio que deveremos nos concentrar nisso também”.

Por hora, Gordon desfruta do momento, acreditando que tudo seguirá bem. “Simplesmente me sinto competitivo”, diz ele, “e faz com que me sinta jovem outra vez”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *